Pular para o conteúdo

O diferencial do profissional no mercado de trabalho

Por Alessandra Macedo

A vida do recém-formado cada dia fica mais difícil, a mudança de uma vida que antes era preenchida por livros e estágios para uma entrada no competitivo mercado trabalho é motivo de preocupação para todos. Em Juiz de Fora, que possui hoje 12 faculdades particulares, além da Universidade Federal de Juiz de Fora, são muitos profissionais que surgem a cada ano para a quantidade de vagas que são oferecidas. Davi Riani Gotardelo, mestre em Estratégia e Competitividade das Organizações, explica que a velocidade das mudanças nas organizações requer e exige cada vez mais do profissional uma capacidade de se manter atualizado e flexível diante das transformações.1236779_527437960671584_339709648_n

Além disso, o pesquisador enfatiza as principais características que as empresas têm buscado nos profissionais: “Habilidade para lidar com colegas e líderes. Disposição para aprender e busca contínua por novos conhecimentos. Comprometimento com objetivos e metas, além de ter visão estratégica da organização”.

Um currículo enriquecido por outras habilidades que vão além do básico curso superior também tem sido um grande diferencial na hora de competir por uma vaga no mercado. Antigamente, falar outra língua fluente era algo incomum e opcional, hoje é fundamental.

O professor de língua estrangeira Gabriel Guedes explica o porquê que a fluência em outras línguas pode fortalecer um candidato a uma vaga de emprego.

Escute aqui o Professor Gabriel Guedes

O professor aponta que a procura por aulas com certeza é maior por universitários que buscam já estarem preparados para quando formarem na faculdade e precisarem concorrer nos processos seletivos das empresas.  A estudante de engenharia de produção da UFJF, Beatriz Rabiti, estuda francês, inglês e latim, e conta o porquê optou por se aprofundar nessas três línguas: “Eu percebo que somente o diploma de engenheira não vai me levar tão longe quanto desejo. Quero estar preparada quando precisar vencer várias outras pessoas e garantir uma vaga de alto nível na minha área.”

Outra forma de crescer e ampliar as habilidades diante da competição é os cursos de oratória, estes possibilitam um maior crescimento na área da comunicação. Giselle Cardoso, Advanced Trainer em Programação Neurolinguística e tecnóloga em Recursos Humanos,  explica que é fundamental a realização de cursos de oratória não somente para enriquecer o currículo, mas também como facilitador nas entrevistas de emprego e apresentações de projetos. “A pessoa que sabe se comunicar da forma adequada, que passa segurança em sua fala, sabe gesticular, e passar aquilo que realmente deseja com seu corpo e suas palavras, com certeza sai na frente no mercado de trabalho.”

Giselle dá alguma dicas de comunicação:

Assista aqui 1

Assista aqui 2

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: