Skip to content

UFJF e Prefeitura estudam soluções para desafogar trânsito do anel viário

O trânsito no Campus da UFJF se transformou em um caos, com retenções em vários momentos do dia próximo aos pórticos Sul e Norte e abusos de motoristas, que não dão vez aos pedestres nos traffic calmings instalados no anel viário. Apesar do fluxo intenso, que tira a paciência de quem enfrenta a lentidão no local com frequência, a universidade não tem um estudo técnico sobre o impacto deste tráfego.Apenas um levantamento realizado por bolsistas da instituição, a pedido da Pró-reitoria de Infraestrutura, confirma o traçado como o principal caminho para os que seguem da Cidade Alta para a Zona Sul e vice-versa. O estudo aponta que entre 60% e 70% do fluxo são de veículos que estão de passagem.

794015110

( Veja a situação do transito no Anel Viário da UFJF em vários momentos do dia – Imagem Tribuna de Minas- março 2013)

Depois de anos de promessas esse problema pode ser realmente resolvido. A Settra, Secretaria de Transporte e Trânsito, vai divulgar um edital  para contratar uma empresa que estude a possibilidade de se construir vias alternativas de ligação entre a Zona Sul e a Cidade Alta. A intenção, tanto da universidade, como da Prefeitura, é encontrar soluções para  reduzir os transtornos de um transito intenso dentro da universidade.

Campus_UFJF_-_1969_Revista_Capa

Construído na década de 1960, sem o objetivo de atender à demanda externa, o anel viário é hoje um lugar saturado. O crescimento populacional da região do Bairro São Pedro, que saltou de 29.313 habitantes no ano 2000, para 38.711 em 2010, conforme dados do último Censo Demográfico do IBGE, e o consequente aumento de automóveis têm causado um nó também no tráfego do entorno.

maxresdefaultEstá utilização do Campus como via de ligação para toda população, deixa muitas vezes a segurança dos alunos e funcionários expostos a situações delicadas. O Professor do curso de Engenharia Civil da UFJF e especialista em trânsito, José Castanon, afirma que esta utilização do Anel Viário está diretamente relacionada  com os incidentes ocorridos nos últimos meses  e  considera um absurdo a utilização do Campus Universitário como principal via de ligação entre a Zona Sul e a Cidade alta.

Alguns alunos da universidade que tem aula próximo ao anel reclamam do elevado barulho de buzinas e freadas. De acordo com Vitor Medeiros, estudante de Direito da UFJF, muitas vezes os professores tem que esperar alguns segundos para retomar a aula, tamanho é o barulho produzido pelo transito. ” A gente que estuda ali perto ouvi todos os dias. É muita buzina, muito barulho de freada, carro de som alto, isso tudo acaba atrapalhando as aulas”, afirma o estudante.

(Acompanha no vídeo abaixo o quanto barulhento é o transito dentro da UFJF)

Acidentes

514001117

( Flagra de acidente no Campus na último mês)

O número de acidentes e de colisões entre carros no Anel Viário cresceu 20% entre 2012 e 2013, de acordo com a Secretária de Segurança da Universidade. Mas José Carlos Tostes, Secretário de Segurança da UFJF, reitera que não houve nenhum registros de incidentes envolvendo carros e pedestres dentro da Universidade. Tostes, explica qual é o procedimento que é realizado em situações como essas onde ocorram acidentes e mal ao patrimônio público.

O primeiro Tenente Jose Lourenço Pereira Junior, Comandante do pelotão de policiamento de Trânsito, explica como é esta parceria entre a Policia Militar e a Universidade. O tenente Jose Lourenço Pereira Junior, explica como é o procedimento da Policia Militar em caso de acidente de transito dentro do Campus Universitário.

Para tentar minimizar os transtornos naquela área, a Settra realizou um estudo que prevê a ampliação das atuais duas pistas da Rua José Lourenço Kelmer para quatro (duas em cada sentido). As intervenções aconteceriam entre as ruas Virgulino João da Silva e Aristóteles Braga, além da expansão de pistas no campus próximo ao portão Norte. O fluxo seria controlado por meio de semáforos. De acordo com a assessoria de imprensa, a viabilidade da obra é negociada com a instituição.  Uma outra soluções estudadas pelos responsáveis da Infra-estrutura da UFJF para diminuir os incidentes no Anel Viário, é a de fechar o Campus após o fim do período de aulas e aos fins de semana

O secretário de Segurança da UFJF, José Carlos Tostes, se posiciona favorável a medica e afirma que se aprovada, poderia auxiliar muito no trabalho realizado por toda equipe de segurança para proteger o patrimônio da Universidade.

Entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da UFJF e fomos informados que este projeto ainda esta sendo estudado. E que a discussão para definir a aprovação ou não da medida poderá levar alguns meses.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: