Skip to content

Seus aparelhos eletrônicos podem estar em perigo.

      O Brasil é o 4º pais com maior índice de roubo de celulares. Com isso, seguro para aparelhos eletrônicos pode ser a opção de segurança para altos investimentos.
Postado em 31 de março, 10:30.  Por, Jéssica Pereira.

       Eles estão mais caros, sofisticados, maiores e mais populares. Os celulares viraram smartphones ou, indo mais além, verdadeiros computadores de mão que fazem ligações. Com isso, têm se tornando uma grande atração para assaltantes, por causa do seu tamanho cada vez maior se torna objeto de fácil atenção para os criminosos.
       Segundo uma pesquisa feita pela empresa de segurança F-Secure, o Brasil é hoje o segundo país com mais perda de celulares no mundo, ficando atrás apenas da Índia. De acordo com o levantamento, cerca de 25% dos brasileiros já tiveram um aparelho roubado ou furtado.
      Outra pesquisa realizada pela consultoria de pesquisas e analises do mercado IDC, registrou a venda de mais de um bilhão de unidades smartphones vendidos em 2013, sendo a fabricante samsung liderando os registros, com 31,3% das vendas mundiais.
     E se eles estão custando mais, as vezes até o preço de um carro, as seguradoras perceberam isso e lançaram o seguro para equipamentos móveis, já de olho também no aumento deste mercado no Brasil. O serviço foi lançado recentemente e é destinado a segurar não só smartphones mas também notebooks, tablets e câmeras fotográficas. O corretor de seguros Ricardo Torga, que passou a comercializar o seguro em Juiz de Fora, explica como funciona esse sistema.   Veja a entrevista completa com o corretor.
           


 

Preço
       O preço do seguro irá depender de uma série de fatores, como o endereço da pessoa que for contratar e o valor do aparelho. Numa simulação de contratação do serviço para o modelo mais avançado do iPhone, da Apple, estimado em cerca de R$ 2.500, feita com o corretor Ricardo Torga, a apólice de seguro custa cerca de R$ 450, incluindo todas as proteções oferecidas, como seguro para subtração do bem, se o equipamento sofrer danos causados por impacto, incêndios, explosões ou vendavais, e é válida para o período de um ano. 
Atenção do consumidor
       Assim como todos os outros tipos de seguro que for comprar, é necessário que o cliente preste atenção nos detalhes na hora da contratação. Segundo o superintendente do Procon de Juiz de Fora, Nilson Ferreira Neto, o futuro comprador deve ficar atento às condições de cobertura do seguro e outros detalhes.
NIson Ferreira Neto

Para o supervisor do Procon JF, Nilson Ferreira Neto, atenção total na hora de contratar o seguro e suas coberturas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Ouça o áudio completo da entrevista com o superintendente do Procon de Juiz de Fora.


        Popularização
       Para o corretor Ricardo Torga, o seguro para celulares ainda tem um crescimento pequeno em Juiz de Fora. “Na nossa região a demanda é tímida, pela pouca divulgação que existe sobre este produto. Mas ela tem crescido a cada mês e em breve deve ser um produto bem consumido como já é em cidades maiores, como São Paulo e Rio de Janeiro, onde o volume de aparelhos é muito maior assim como os índices de violência, que pesam na hora da compra do seguro”.

Marco Antônio Sá, que já tem seguro para o carro, acha que a proteção para o celular pode ser interessante.

Marco Antônio Sá, que já tem seguro para o carro, acha que a proteção
para o celular pode ser interessante.

O motorista Marco Antônio Sá, já vítima de roubo de celular, não conhecia o produto e acredita que pode ser uma opção para quem viaja para vários lugares “Assim como tenho o seguro para o carro, que é meu instrumento de trabalho e não posso ficar sem ele, ter um para o celular pode ser uma boa alternativa para proteção, já que dependo do aparelho para trabalhar também e assim como o carro, não posso ficar sem ele”.

__________________________________________________________

Para o estudante Carlos Eduardo, a segurança de seus equipamentos é essencial.

Para o estudante Carlos Eduardo, a segurança de seus equipamentos é essencial.

Para o estudante Carlos Eduardo Nunes,  “a ideia de contratar um seguro veio quando adquiri um notebook de valor um pouco mais alto. Como é minha ferramenta de trabalho, ando com ele para cima e para baixo na mochila e a violência em Juiz de Fora, tem crescido nos últimos tempos, preferi não correr o risco de ter o aparelhou roubado ou furtado e conseqüentemente um prejuízo considerável.”

__________________________________________________________

O seguro para celular e outros eletrônicos é um produto novo e vale a pena ficar atento na hora de contratar um, os preços estão variáveis e  bastante acessíveis, com formas de parcelamento de pagamentos, e outras facilidades.

 Veja mais.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: