Skip to content

6 milhões de brasileiras sofrem com endometriose

Henrique Oliveira

Postado em 05/08/13

Você sabe o que é endometriose? Ela é uma doença genética e a principal causa de esterilidade nas mulheres. O problema pode afetar meninas desde os primeiros anos de menstruação e seus sintomas são dor na relação sexual e sangramento fora do período menstrual.

A endometriose é caracterizada quando células do endométrio, uma mucosa interna da parede do útero, aparecem fora do órgão, como  na bexiga, intestino, trompas entre outros lugares. Normalmente a cada ciclo menstrual o endométrio é renovado, e suas células são expelidas naturalmente, na menstruação.

Endometrio II

Células do endométrio fora do útero

Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Endometriose, indicou que 66% das mulheres não sabem como tratar a doença. Outros 55% das brasileiras desconhece seu significado. A pesquisa também revelou que 6 milhões delas  sofrem com a doença.

Algumas vezes o diagnóstico da endometriose demora anos. Por isso, muitas vezes a paciente não recebe os cuidados adequado. Sem um diagnóstico correto a doença muitas vezes é confundida com dores menstruais comuns um pouco mais fortes.

Segundo o ginecologista Luciano Furtado os clínicos estão mais atentos a essa doença. “Nós temos diagnosticado mais endometriose hoje em dia. Não só por se conhecer mais a doença. Também devido aos exames estão cada vez melhores e mais precisos, como o ultra-som e ressonância magnética”.

O tratamento da doença, muitas vezes, pode ser algo simples. “A paciente precisa interromper a menstruação e para isso, em alguns casos, basta o uso de anticoncepcionais. Emendando uma cartela na outra”, explica o ginecologista.

Nos casos mais graves de endometriose é necessário o uso de cirurgia para a retirada do útero. Esse foi o caso da dona de casa Maria Márcia Araújo Ferreira, que chegou a engravidar por indicação do médico para tratar as dores causadas pela endometriose. Hoje o filho de Márcia tem 7 anos, mas a cura da doença só ocorreu após ela retirar o útero.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: