Skip to content

Juiz de Fora comemora o dia mundial do Meio Ambiente

 Há 42 anos atrás, em 05 de junho foi criada a Conferência de Estocolmo que falava sobre a relação entre o homem e o meio ambiente. Desde então, anualmente na mesma data é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente. A comemoração tem como objetivo chamar a atenção de todo o planeta para os problemas ambientais promovendo a conscientização da população a cerca das suas obrigações e da realidade em que se encontra o planeta.

Cada ano é tratada uma questão específica estabelecida pela Assembleia Geral das Nações Unidas, e cada país faz programações específicas tratando e esmiuçando o tema. Atualmente, mais de 100 países participam ativamente da data, promovendo eventos e campanhas ferrenhas para conscientização. Em 2014 o foco principal é nas mudanças climáticas. A escolha pelo tema foi focada principalmente na proteção das ilhas presentes no planeta, que sofrem grandes modificações rapidamente devido a alteração climática e o aumento dos oceanos, tendo

Juiz de Fora decidiu seguir um tema diferente ao proposto pela Assembleia Geral das Nações Unidas, focando em problemas ambientais recorrentes na cidade. Segundo o chefe do Departamento de Qualidade Ambiental da prefeitura, João Marcus Junqueira, é necessário abordar a reciclagem na cidade, por ser um assunto pouco trabalhado até então. “Há a coleta seletiva atuante em Juiz de Fora, com a destinação adequada para cada resíduo em particular, mas poucas pessoas separam corretamente o lixo”. Para conscientização da população a respeito desse problema será realizada uma palestra com a representante do DEMLURB orientando e explicando os processos dos resíduos sólidos em Juiz de Fora (Confira a programação completa aqui).

A técnica do seguro social do INSS, Dilene Natalino é uma das cidadãs juizforanas que faz questão de a separar corretamente o lixo há 2 anos. “Me preocupei mais com as questões ambientais há cerca de 5 anos, quando comecei a fazer yoga e meditação e me aproximei da natureza. Tomo pequenas atitudes, que acredito fazer a diferença no final. Não sei o que é feito do lixo depois que é coletado, mas procuro fazer a minha parte”, afirma Dilene.

DSC_3114

Além da separação do lixo, muitas outras atitudes podem ser tomadas por todos para a contribuição de um planeta mais saudável. O vice-presidente da Assossiação de Moradores do bairro Bandeirantes, Willian Cyrilo promove campanhas por conta própria de limpeza do bairro, conscientização em relação a lixo nas ruas e entupimento de bueiros e podas de árvores nas ruas. “É clichê, mas é necessário fazer minha parte. É a nossa comunidade, o nosso planeta, temos que cuidar deles como se fosse nossa casa”, afirma. William utiliza um jornal comunitário do bairro para divulgação e pedido de ajuda nas campanhas ambientais.

A preservação pelo meio ambiente é levada mais a sério ainda por algumas pessoas. A estudante de veterinária Amanda Ferrugini, deixou de comer todo tipo de carne para contribuir pela saúde do Planeta. “É confirmado que a cultura do consumo de carne traz impactos sérios para o solo e a água. Além disso, estou fazendo a minha parte na preservação da vida animal”, argumenta Amanda. Além disso, a estudante passou a utilizar a bicicleta como principal meio de locomoção. Não é necessário ir tão longe, mas atitudes como ficar um dia sem utilizar o carro, evitar o desperdício de alimentos e trocar as garrafas de plástico pelas de vidro são pequenas, mas no fim trazem benefícios concretos para o planeta.

a-existência-humana-e-de-todo-nosso-planeta-depende-de-um-urgente-reposicionamento-ético

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: