Skip to content

Seja Bem vindo!

Raíra Garcia, Postado em 19/03/14

A Universidade Federal de Juiz de Fora retornou com suas atividades acadêmicas na última segunda feira, dia 17 de março. Apesar dos técnicos administrativos em educação estarem em greve, veteranos e calouros da UFJF se espantaram positivamente com a recepção acalorada da universidade.

O campus estava com vários banners espalhados com mensagens de boas vindas, abraços para recepcionar as pessoas e boa música ao vivo nos principais pontos de ônibus. O estudante de Direito, Henrique Afonso, brinca com a situação: “Bom, esse ano a recepção está melhor, mais calorosa. Na minha época mal tinham plaquinhas, mas eu tive RU quando entrei [risos]. Hoje tem até gente dando abraço! Eu ainda não ganhei nenhum abraço, mas deixa o povo dar abraço, pelo menos não suja ninguém.”

A jornalista da empresa responsável pela recepção, Carla Dahbar, explica que “a ação veio da vontade da universidade de fazer algumas ações de recepção aos alunos novos, alunos antigos, professores, funcionários e intercambistas com abraços e música”. As apresentações começaram às 7h30.

Alessandra Crispim e banda, Sakra Buraja, Quarteto de cordas Pró-Música, Duo Flor-de-Lis, Trio Só Forró, Duo de violinos, Grupo de choro, Harmonia Quatro e Joãozinho da Percussão e convidados se apresentaram em pontos de ônibus próximos às faculdades de Direito, Letras, Engenharia, Economia, Educação Física e Desportos; Instituto de Ciências Biológicas (ICB); Centro de Ciências da Saúde; Instituto de Ciências Humanas; e Instituto de Artes e Design. No período da noite, as apresentações começaram às 18h nos pontos de ônibus do novo ICH, do ICB, ambos com música clássica, da Letras, com Sakra Buraja e do Direito, com Alessandra Crispim e banda.

1896954_734161166615240_2003488411_n  Abraços coloridos!

No segundo dia da semana de recepção aos calouros, ocorreu no anfiteatro da reitoria o cadastramento para doação de medula óssea, uma parceria entre a UFJF e o Hemominas. Quem esteve presente foi o estudante de Filosofia Pedro Damasceno Uchôas: “eu participei da minha recepção, mas nesse ano está melhor porque eu não me lembro do cadastro de doação de medula, que é uma ótima iniciativa. A universidade está impactando diretamente na sociedade. Já que se forma acadêmicos, por que não formar pessoas conscientes também?”

Em entrevista ao JF Hipermídia, o secretario adjunto de comunicação Rodrigo Barbosa, acredita que o objetivo é unir o sentimento de festa com o esclarecimento sobre o que é a UFJF. “No ano passado nós fizemos, mas foi mais acanhado”. De acordo com Barbosa, as tentativas de acolhimento dos novos alunos já vinham acontecendo há alguns anos, mas com o passar do tempo elas se validaram e se ampliaram.

Uma das grandes mudanças são as sessões de bate papo, onde os pró-reitores explicam aos novos alunos seus projetos. Anteriormente o evento ocorria no anfiteatro central e agora se estendeu para uma semana de conversas, cada dia num prédio, onde serão entregues os kits com brindes, contendo pasta de PVC, squeeze dobrável, caneta e pen-drive de 4GB.

A recepção desse ano deu tão certo na avaliação da Secretaria de Comunicação, que a expectativa para as próximas recepções, é que além da música, haja outras intervenções, como teatro, circo, entre outras performances. Além da parte cultural, a ideia é que ações sociais como o cadastro para doação de medula e doação de sangue (que ocorrerá dia 25 no anfiteatro da reitoria, das 8h às 13h) sejam cada vez mais frequentes. Para Barbosa, a universidade tem que recepcionar os novos alunos de braços abertos também na intenção de intimidar o trote sujo (que já é proibido dentro do campus), além é claro de ser um porto seguro onde os alunos possam se queixar de humilhações, constrangimentos ou qualquer outro tipo de ofensa que possam vir a ocorrer no trote.

O acolhimento dos novos alunos vai além dos portões da UFJF. De acordo com Barbosa, muitos alunos vêm cada vez mais de outras cidades com o apoio do SISU, e “a universidade tem que se preparar para essas pessoas, porque elas necessitam de infraestrutura”. Agora já esta se concluindo o processo de distribuição de vagas da moradia estudantil. O prédio já está pronto e em um mês o edital já pode ser lançado, que é o tempo necessário para mobilhá-lo.

Mais informações no telefone: (32) 2102-3966 (Secretaria de Comunicação)

Fotos dos shows de boas vindas!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Assista um trecho da apresentação de Alessandra Crispim

Você pode ouvir a entrevista na íntegra com Rodrigo Barbosa

 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: