Skip to content

Bullying no ambiente de trabalho

 

Por Elisa Macedo

Postado em 07 de maio de 2014

O bullying, termo em inglês costumeiramente usado na língua portuguesa para definir assédio moral, é a prática da violência verbal ou física, feitas com frequência e direcionadas a um indivíduo, causando angústia naquele o qual o tratamento se refere.

 

Foto do acervo virtual

Foto do acervo virtual

Conhecido por ser a ação em que crianças desafiam umas as outras no ambiente escolar em busca de poder, essa prática também acontece no trabalho entre os adultos e, muitas vezes, pelo mesmo motivo.

 

Segundo Sônia Mascaro Nascimento, mestre e doutora em direito do trabalho pela USP e autora do livro Assédio Moral,o bullying no ambiente de trabalho é comum e muitas vezes não reconhecida.

 

As situações envolvendo a criação de um ambiente desconfortável no local de trabalho podem começar das mais variadas formas: ao tomar uma característica física como forma de chamar o colega, uma situação em que a pessoa esteve envolvida e que não teve um desfecho positivo, ou mesmo que tenha sido engraçado na hora, mas depois passou a incomodar, menosprezar o trabalho desenvolvido pelo outro, entre tantos outros exemplos.

 

Um dos mais comuns é a prática começar com uma implicância com as pessoas que têm o nome um pouco diferente da maioria.

 

O que pode começar como um apelido, por exemplo, e ser visto como brincadeira pelos colegas, no fim das contas pode estar atingindo negativamente a pessoa a quem este nome está sendo referido.bullying no trabalho

 

Nathália Oliveira, 29, assessora de imprensa, conta que já passou por situações constrangedoras quanto a um de seus sobrenomes na época de escola. Ela afirma que mesmo depois de adulta episódios do tipo continuaram acontecendo na empresa em que trabalha, porém ela consegue lidar com a situação.

 

Áudio Nathália1

 

Nathália que fica um pouco chateada com esses acontecimentos, aponta que já houve situações que ela procurou as pessoas que a chatearam para comunicar que a atitude a estava incomodando. Para ela, é necessário que atitudes semelhantes sejam tomadas por parte de quem está se sentindo ofendido.

 

Áudio Nathália 2

 

Raphael Plácido,30, jornalista, passou por situação semelhante a de Nathália. Ele também fala sobre sua experiência.

 

Àudio Raphael

 

Os tipos de bullying podem variar. Muitas vezes ficam apenas na agressão verbal. Porém, em alguns casos a situação pode se tornar bem mais grave.

 

Josilene

 

 

 

 

Não menospreze o trabalho de seu colega, ajude-o

Não menospreze o trabalho de seu colega, ajude-o

Até a década de 70, o bullying não era interpretado como violência e era conhecido mais como uma simples “brincadeira sem graça”. Atualmente, se é caracterizado como uma situação agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva por um ou mais indivíduos contra um colega.

Teste: Leia mais sobre o tema e descubra se você é vítima de bullying no seu serviço clicando aqui

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: