Skip to content

Projetos em Juiz de Fora reúnem voluntários

 

Muitas pessoas reclama que há muito o que mudar no país, que as coisas não estão funcionando, que muita gente é aproveitadora e oportunista. Por outro lado, existe um outro grupo de pessoas que resolveram ajudar sem esperar muito em troca. Esses são os voluntários. Pessoas que entram em algum projeto em prol de uma causa, ou participam de doações para ajudar grupos que estão precisando, seja de roupa, comida, uma conversa, por exemplo.

Outro exemplo de doação aqui em Juiz de Fora é a campanha para doação de cabelos. Há algum tempo surgiu um grupo no facebook chamado Cabelegria, e a ideia é arrecadar mechas de cabelo para a confecção de perucas para crianças com câncer. A Mylene Duarte, uma das fundadoras do projeto tinha uma amiga que trabalha em um hospital em São Paulo e essa amiga resolveu doar parte de seu cabelo para uma paciente com câncer. Então ela achou essa ideia super legal e resolveu criar junto com mais duas amigas o projeto Cabelegria. Agora, muitas pessoas também se voluntariam para ajudar a criar as perucas.

Quem quiser fazer a doação, deve colocar o cabelo seco em uma saquinho plástico e enviar para o seguinte endereço: Avenida Parada Pinto, 3420, Bl. 06, Ap. 33 – Vila Nova Cachoeirinha/ São Paulo – SP/ 02611-001. as mechas devem ter no mínimo 10cm, ou seja um palmo.

Outro projeto novo para se voluntariar é criado por estudantes brasileiros é o “Imagina na Copa”, que começou no ano passado e surgiu a partir da iniciativa de quatro amigos que moram em São Paulo. Cansados de ouvir as pessoas reclamarem de muitos problemas em sua cidade, esses jovens resolveram aproveitar o jargão “Imagina na Copa” para criarem um projeto em que as pessoas possam ajudar em soluções básicas para melhorar a infra estrutura e a condição do lugar onde vivem.

São medidas simples, como arrecadar doações de roupas, ajudar no plantio de árvores, por exemplo. Eu conversei com a Mariana Campanatti, que é publicitária e foi uma das fundadoras do Imagina na Copa, e ela também me contou da ação de trocar livros usados. A ideia era juntar pessoas que tinham livros em casa que estavam parados e deixar em algum canto da cidade para que alguém pudesse pegar. Mariana também falou mais sobre as ideias do projeto:

Aqui em Juiz de Fora o projeto também está em andamento. Quem organiza as atividades aqui é a estudante de Engenharia Civil, Fernanda Moreira. Fernanda contou que tomou contato com o imagina na Copa pela internet, através de redes sociais. Ela entrou em contato com os organizadores e agora também realiza ações em Juiz de Fora. No site do projeto você pode entrar em contato com os participantes e também ficar por dentro das atividades que eles realizam.

A atividade mais recente organizada foi juntamente aos calouros do curso de engenharia civil, em que em alguns pontos de ônibus da cidade, eles colaram uma folha de papel informando quais ônibus passavam por aquele local. Fernanda conta que ainda há muito trabalho a ser feito na cidade, e que ela ainda pretende organizar mais ações em Juiz de Fora.

Para quem quiser participar de algum projeto voluntário, confira aqui algumas instituições em Juiz de Fora que estão a procura de pessoas que querem fazer parte de seus projetos.

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: