Skip to content

Campanha “Sou pela vida. Dirijo sem bebida” chega a 12 cidades do interior do estado

20131115002945700149a

Há três semanas em vigor, a campanha “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida”, que visa coibir a mistura de álcool e direção, traz um balanço positivo para Minas Gerais. Nos três primeiros finais de semana após o lançamento do projeto, um total de 1.999 veículos foram abordados em blitze realizadas em todo estado de Minas Gerais. Após alcançar Belo Horizonte, a campanha “Sou pela vida. Dirijo sem bebida” chegou a 12 cidades no interior de Minas, dentre elas Juiz de Fora. Policiais e agentes de trânsito  estão apertando o cerco contra motoristas alcoolizados, após receberem, da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o material necessário para a montagem das blitzes. ( Veja abaixo um vídeo do evento)

A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) coordena a campanha com o apoio da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal  e Secretárias de Transito locais. A campanha “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida” é resultado do trabalho do Comitê Gestor de Trânsito (CGT), criado em fevereiro pelo governador Antonio Anastasia, para diminuir o número de vítimas do trânsito. Para garantir a eficiência do trabalho, o dia e o horário da fiscalização simultânea do projeto são  mantidos em sigilo até o momento de sua montagem das blitzs nas cidades escolhidas, sendo elas: BH, Betim, Contagem, Divinópolis, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Lavras, Montes Claros, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Uberaba e Uberlândia)

1766848671 No primeiro dia da operação da Lei Seca em Juiz de Fora, comandada na cidade pelo tenente da Polícia Militar José Lourenço Pereira Júnior – que responde pelo Pelotão de Trânsito -, 85 veículos foram fiscalizados nas ruas Moraes e Castro e Dom Viçoso, no Bairro Alto dos Passos, Zona Sul, onde outras vias da região foram fechadas. Dos 84 testes realizados, quatro tiveram resultados positivos de embriaguez e foram caracterizados como infração. A partir de 0,34 decigramas de álcool por litro de ar respirado, o infrator está sujeito à prisão. Por estarem abaixo do limite estipulado para crime, os flagrados tiveram a carteira de habilitação recolhida, foram multados e obrigados a entregar o veículo para pessoas habilitadas. Não houve nenhum caso de embriaguez com caracterização de crime.

Outros pontos da cidade também tiveram blitz de Lei Seca. As ações aconteceram na Avenida JK, na Zona Norte, na altura do 27º Batalhão, e também no Bairro Benfica, 29 veículos foram fiscalizados. Dos 29 testes de alcoolemia, nenhum constatou embriaguez por infração ou crime. Um condutor se recusou a realizar o teste e, por isso, teve a CNH recolhida.

3659084732Muitas pessoas que estavam no Bairro Alto dos Passos reclamaram da forma que a blitz foi montada, alegando que a Policia Militar fez um cerco as ruas do bairro o que gerou transito e confusão. A dentista Carla Pires, diz que ficou assustada com a forma que tudo aconteceu e reclama que demorou mais de uma hora para sair da Zona Sul da cidade. ” Foi uma confusão. Nós não tínhamos para onde ir, ficamos parados horas. Esse tipo de coisa faz a gente preferir ficar em casa. Foi horrível”, afirma Carla.

A Policia Militar recomenda que as pessoas usem taxi quando forem sair de casa para beber, mas a população de Juiz de Fora reclama muito dessa prestação de serviço, o que estimula muitas vezes as pessoas  irem com seus próprios carros.

De acordo com o sindicato dos taxistas o  número de corridas aumentou em 20% depois que a Lei Seca ficou mais rigorosa.Para a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) de Juiz de Fora, faltam táxis na cidade, e isso acaba afastando alguns consumidores.A cidade tem um táxi para 947 habitantes. Em Belo Horizonte, há um taxi para 365 habitantes, índice quase trêz vezes menor. Ainda de acordo com o sindicato, atualmente os 548 táxis em Juiz de Fora atendem as necessidades da população, mas o grande problema é que muito preferem ficar parados em pontos fixos ao invés de rodarem pela cidade dando mais opção para os juizforanos.

 O presidente do Sindicato dos Taxistas, Aparecido Fagundes, diz que a categoria trabalha junto com a Policia Militar nesse projeto por reconhecer a importância de se ter um serviço de qualidade para diminuir acidentes de transito.

Acidentes

De acordo com dados da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o número de acidentes de trânsito  já havia sofrido um ligeiro declínio em Juiz de Fora nos seis primeiros meses deste ano na comparação com igual período do ano passado, e se espera que diminua ainda mais após a implantação desse programa. O Pelotão de Trânsito relaciona parte da queda ao endurecimento da Lei Seca, já que, desde 29 de janeiro deste ano, está em vigor a medida que regulamenta a nova Lei Seca. O novo projeto do governo de Minas, aplica ações mais rígidas para a fiscalização do consumo de álcool e outras substâncias psicoativas por condutores. Por exemplo, o motorista que apresentar qualquer teor de álcool fica sujeito a medidas administrativas. Já as penalidades e a forma como a embriaguez pode ser confirmada foram ampliadas. A multa – que era de cinco vezes o valor da infração gravíssima – foi ampliada para dez vezes, totalizando R$ 1.915,40. ( Abaixo tabela produzida pelo Jornal Tribuna – outubro 2013)

3957658215

O tenente da Polícia Militar José Lourenço, destaca nesses números de redução de acidentes a importância das campanhas educativas realizadas pela Policia Militar, afim de alertar a população o quanto pode ser trágico a mistura de álcool e direção.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: