Skip to content

Mamíferos necessitam de leite?

Opinião de especialistas divergem sobre a importância e necessidade do leite para o corpo

Postado em 25/06/2014

por Jéssica Dias

leites-e-seus-derivados

O leite é uma fonte importante de vitaminas A, D, E e K – Foto: Divulgação

Há muita gente fazendo de tudo para perder alguns quilinhos. Muitos aderem a dietas restritivas, como a da proteína, que corta os carboidratos da alimentação ou a da lactose. Esta consiste em deixar de ingerir o leite e seus derivados, mesmo que  não tenham intolerância ou alergia à proteína do leite. Abandonar estes alimentos  contribuiria para o emagrecimento, já que a proteína do leite, teoricamente, leva ao ganho de peso. Entretanto, cortar os laticínios da alimentação é um assunto que faz divergir a opinião de diversos especialistas.

Pessoas contrárias ao consumo do leite afirmam que ele causa inflamações no organismo e, consequentemente, favorece o sobrepeso e a obesidade. A nutricionista Mayra Carvalho explica o que acontece realmente. “Nosso corpo não produz enzimas para digerir a lactose. Então se ingerirmos o alimento, ele vai acabar provocando uma distensão abdominal. Ao parar de ingerir laticínios, a pessoa vai desinchar, não emagrecer”. Apesar de esclarecer o mito entorno do alimento, a nutricionista é radical em sua opinião. “Eu costumo dizer que leite de vaca é pra bezerro. Existem muitos outros alimentos que podem substituí-lo”.

O também nutricionista Marcelo Borges, defende uma alimentação sem os laticínios mesmo para aquelas pessoas que não tem intolerância a lactose. “Eu costumo dizer que cortar o leite não é uma questão de emagrecimento, é uma questão de saúde. O leite é um alimento inflamatório e muitas pessoas possuem algum tipo de intolerância, mesmo não apresentando sintomas”.

images

Os sintomas da intolerância à lactose se concentram no sistema digestório – Foto: Divulgação

Quem resolveu cortar derivados do leite da alimentação relata melhoras. É o caso da enfermeira Cláudia Barros, que não apenas cortou os laticínios, mas se preocupou em substituí-los. “Passei a me sentir melhor depois que parei de tomar leite, principalmente depois das 16:00 horas. Me preocupo justamente com a ausência de cálcio, mas me alimento com muita salada,ovos e menos carboidrato no almoço,pra ter uma compensação desse nutriente”.

Apesar de tantas opiniões contra, há quem esteja a seu favor. Lucas Felipe é graduado em Ciência e Tecnologia de Laticínios e defende que o leite ainda é a melhor fonte de cálcio. “Se a pessoa restringir o consumo do leite e seus derivados da alimentação, pode acabar afetando as concentrações de cálcio do organismo, o que pode ser prejudicial a saúde, já que o cálcio é o responsável pela composição dos ossos e dentes, além de estar relacionadas à manutenção de várias funções do organismo”.

Mas para quem quer mesmo é emagrecer, a dica que Mayra dá, é ter equilíbrio. “As dietas restritivas não são indicadas porque não funcionam e ninguém consegue mantê-las por muito tempo. A questão é equilibrar, não restringir nada porque o corpo precisa de muitos nutrientes, mas comer de tudo um pouco com o acompanhamento de um especialista”.

Ouça a entrevista com a nutricionista

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: