Skip to content

Aumento da procura por cursos de idioma traz novas alternativas para quem não pode pagar

Monise Vieira

Postado em 31/03/2014

Aprender um segundo idioma atualmente, é fundamental para quem deseja boas oportunidades profissionais ou até mesmo facilitar a comunicação no dia-a-dia.

A influência e hegemonia da cultura norte-americana em todo o mundo é um dos principais fatores que contribuem para que a língua inglesa, além de universal, seja a principal responsável pelo aumento das buscas nas escolas de idioma. Ela está presente na indústria cultural (cinematográfica, fotográfica, publicitária, etc) e de consumo (têxtil, fast-food, etc) e é cada vez mais comum no nosso cotidiano.

Há alguns anos as escolas de idiomas do país têm notado um crescimento e uma mudança de perfil dos alunos. A ascensão da classe C, as facilidades de ingressar em uma escola de idiomas e o anúncio de dois megaeventos no Brasil também estão entre os principais fatores que movimentam esse mercado.

A Professora e Proprietária de um curso de inglês da cidade, Rachel Veloso, explica a atual necessidade de saber falar outra língua. E a Assessora do Pronatec de Juiz de Fora, Fernanda Barbosa, explica a importância de oferecer oportunidades a quem não pode custear um curso de idiomas.

Assista o vídeo:

Rachel explica ainda que existem diferentes métodos e formas de ensinar outras línguas, e que independentemente do curso ser pago ou não, o importante é o aluno encontrar o que supra melhor suas necessidades. “A metodologia de ensino no Brasil é muito vasta e de acordo com várias pesquisas de linguistas da área, o melhor é mesclar esses vários métodos, independente do curso” afirma.

Para a professora, o importante é analisar o curso e estar atento ao que ele propõe. “Tudo depende muito da coordenação pedagógica, dos professores, da meta do curso, se ele é pra ensinar a língua apenas para leitura, ou específico para alguma profissão. Então, independente de ser pago ou não o importante é estar atento a essas questões”.

Aline Mendonça, de 39 anos, é fotógrafa e aluna de um curso particular em Juiz de Fora há dois anos. Ela conta que escolheu fazer um idioma porque acha necessário para o dia-a-dia e para atualização profissional.  “Eu nunca tive alcance a um curso público de inglês, então escolhi uma escola particular. E eu gosto muito desse curso em especial, porque acho o método de ensino, a técnica dele, muito prática. É mais fácil e agradável estudar”.  

Diversas alternativas:

Em Juiz de Fora são mais de 20 escolas de idioma e para quem não pode custear um curso de línguas existem outras opções oferecidas pelo governo, como o Projeto de Universalização da UFJF, o Boa Vizinhança e o Pronatec de inglês.

– P.U.: O Projeto de Universalização da Oferta de Língua Estrangeira (P. U.) é uma iniciativa da Faculdade de Letras em parceria com a Pró-Reitoria de Graduação. Implantado em 2000, visa a oferta de Língua Estrangeira Instrumental (Espanhol, Francês, Inglês ou Italiano), atendendo aos alunos de graduação, pós-graduação e aos servidores efetivos da UFJF. Saiba mais sobre o  P.U.

– Boa Vizinhança: O Projeto de Boa Vizinhança é uma parceria entre a Faculdade de Letras e a Pró-reitoria de Extensão (Proex), que tem como objetivo atender pessoas com renda familiar inferior ou igual a um salário mínimo. Cerca de 60% das vagas são oferecidas para os moradores dos bairros do entorno do campus e as demais são preenchidas por participantes de outra região. Clique aqui e veja as últimas notícias sobre o Boa Vizinhança.

Pronatec: O Pronatec é um Programa do Governo Federal de qualificação profissional para pessoas de baixa renda visando a inserção no mercado de trabalho. Em Juiz de Fora existe a oferta de vários cursos profissionalizantes através do Programa, entre eles o curso de inglês, que conta com nível básico e intermediário.

Entenda o Programa.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: