Skip to content

Apenas mais 20 centavos?

Matheus Furlani, Postado em 31/03/2014

Atualizada às 15:30h

 

Andar de ônibus em Juiz de Fora vai ficar mais caro a partir dos próximos meses. O novo valor foi estabelecido em R$2,25, com um aumento de 9,7% em relação ao preço anterior que era de R$2,05. Este valor, aprovado pelo Conselho Municipal de Transporte (CMT) após reunião com representantes da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) para apresentação e votação da proposta. Por 16 votos a favor contra 4 votos contrários a nova tarifa foi aprovada e já apresentada em audiência pública na Câmara dos Vereadores e agora aguarda a avaliação do Executivo.   A tarifa, que não sofria aumento desde julho de 2012, foi calculada com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) medida pelo IBGE. Entenda mais sobre essa variável econômica aqui.

Esta questão reacende o debate sobre a qualidade do serviço na cidade. Em entrevista, o vereador do PT Wanderson Castelar diz que à princípio o valor do aumento é justo, porém a questão principal que deve ser analisada é a qualidade do serviço. Assista!

 

Este novo medidor foi acordado entre a Prefeitura através da Settra em reuniões com o Ministério Público que questiona a utilização de alguns critérios que foram utilizados até então para calcular a tarifa como por exemplo os Recibos de Pagamentos Autônomos (RPAs) e ao pró-labore. Considerados nesta planilha de cálculo o novo valor da tarifa de ônibus seria de R$2,31. Este valor foi apresentado nesta reunião e o acordo para a mudança da base de cálculo aprovada. Com o IPCA acumulado entre julho de 2012 e março de 2014 de 10,44% que reflete um valor de tarifa de R$2,26, que foi arredondado para baixo. Vale lembrar que na mesma reunião ficou definido para o ano de 2015 a abertura de nova licitação para o serviço na cidade.

 

Já os passageiros não receberam muito bem esta notícia. William Robson que trabalha nos Correios acha o preço abusivo. “O preço está muito alto. Os ônibus andam todos juntos, os horários parecem que não são bem distribuídos, principalmente nos horários de pico. Já estou andando parte do caminho a pé para não passar raiva”, comenta. Para a aposentada Margarida Miranda de 72 anos e por este fator tem passe livre no sistema mas acredita que “o aumento foi abusivo, os ônibus balançam muito e prejudicam minha coluna. As reclamações devem continuar pois as melhorias apresentadas não são suficientes”.

Melhorias no sistema estão sendo pensadas. A partir de maio Juiz de Fora contará com um centro de controle operacional (CCO) para monitoramento das linhas de ônibus em tempo real por meio de GPS. Esta melhoria resolveria a reclamação de Luciana Rodrigues que é diarista e pensa que “as coisas vão melhorar com a tecnologia pois muitos ônibus ficam parados nos bairros e atrasam as viagens.” , argumenta. Segundo o usuário Willian Robson “havendo boas punições para o descumprimento de horários acredito na melhora do sistema”. O recurso que será instalado na Settra e contará com o trabalho de cinco profissionais que irão acompanhar os trajetos e horários dos veículos.

Os juiz- foranos também poderão acompanhar o trajeto de suas linhas por meio de painéis eletrônicos que serão instalados nos principais pontos da cidade a partir do segundo semestre de 2014. Outra novidade, também para o segundo semestre é o cadastro na cidade entre as cidades do aplicativo de smartphone CittaBus que permite usuários checar horários e linhas de ônibus que passam em determinado local, e os pontos mais próximos a sua região em que a pessoa está. O aplicativo é disponível gratuitamente na internet.

Nas redes sociais as pessoas já se organizam para protestar contra o novo aumento. O evento criado no Facebook que já conta com 4 mil presenças confirmadas ocorrerá na próxima quarta-feira dia 2 de Abril ás 17:00h da tarde saindo da praça São Mateus. Tenha acesso ao evento aqui.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Esta é mais uma passeata marcada para este ano que promete ser movimentado pelas manifestações e pela efervescência da participação política, da opinião crítica e do exercício da cidadania por parte dos brasileiros. A questão está longe de esbarrar nos 20 centavos.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: