Skip to content

Especialidade não especializada – profissionais que atuam fora da área de formação

Igor Margato

Postado 09/06/2014

 

Nascer. Crescer. Reproduzir. Morrer. Esse é ciclo da vida, de forma simples, mas se tratando dos seres humanos, entre o nascer e o morrer, existe muito mais. E uma dais principais coisas que ocupam este intervalo de tempo é o trabalho.

Levando isso em conta, o roteiro tradicional após “crescer” é estudar. Se especializar em algo e depois trabalhar com aquilo, colocar em prática aquilo que foi visto durante o período de formação acadêmica. Porém, algumas pessoas não seguem tão bem essa regra e nem por isso estão fadas ao fracasso profissional.

Carol Peralta e Barbara Ribeiro formaram juntas em Comunicação Social e hoje são sócias-fundadoras da FitLife Gourmet – uma empresa de entrega de refeições balanceadas. Ramos completamente distintos.

Carol e Barbara com a mão na massa - literalmente

Carol e Barbara com a mão na massa – literalmente

Segundo Carol, até seria possível ter a mesma empresa hoje sem a formação, mas o curso superior deu a noção de mercado que as duas têm hoje. Além disso, ela destaca que melhorou sua fala em público, noção de identidade para uma empresa e também etapas do planejamento da criação e manutenção de um negócio através de sua experiência na empresa júnior da faculdade.

“A comunicação foi minha decisão acadêmica, pois acho que auxilia muito na vida de um empresário. A ideia [de começar a FitLife] surgiu de uma necessidade minha: trabalhava na área de Marketing e estava muito difícil manter a dieta. Eu fui aprendendo a fazer coisas saudáveis, mas muito saborosas, para tornar a dieta mais fácil”, diz Carol Peralta ressaltando também a falta de tempo como um vilão contra sua dieta. “Aí juntamos nossa necessidade com uma coisa que eu amo fazer: cozinhar e ajudar as pessoas a atingirem um sonho, a verem que ter uma vida saudável é muito mais fácil do que elas pensam”, completa ela.

Barbara Ribeiro também conversou com o JF Hipermídia e nos contou mais sobre o que o curso de Comunicação ajudou e ainda ajuda no negócio atual.

Quem também é formada em uma área e trabalha em outra é Andreia Morais. Formada em Jornalismo, ela hoje atua como maquiadora profissional e mostra outro lado da moeda.

Segundo ela, a formação acadêmica até ajuda de alguma forma, mas seria possível exercer as mesmas funções caso não fosse formada. O único benefício do curso para sua profissão foi o aprimoramento para a fala em público, já que ela também ministra cursos e palestras.

Andreia em atuando como maquiadora

Andreia em atuando como maquiadora

Por vezes, ao se fazer algum curso é que pode-se notar que aquilo não é o desejado, como conta Andreia em sua experiência pessoal. “A ideia de não seguir a formação surgiu a partir da experiência que tive no estágio que cumpri em uma revista local. Ali, eu tive a certeza que não me adaptaria, pelo menos na parte de impresso”, diz ela.

Porém, ela ainda não se diz realizada profissionalmente e nem descarta trabalhar no ramo de formação. “E, até hoje, mesmo depois de dois anos de formação e de nunca ter seguido a área, ainda busco uma nova oportunidade além do ramo da maquiagem que estou até hoje. Pratico sempre a análise do que vale ou não a pena”, ressalta Andreia.

Por fim, fica a dica da Carol Peralta para quem está tentado a trabalhar fora do ramo de formação. “Tudo deve ser bem planejado para minimizar os erros. Mas, saiba que sua formação acadêmica jamais será desperdiçada. Com certeza, vários conhecimentos e experiências (profissionais e, principalmente, pessoais) irão te auxiliar”.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: