Skip to content

Consumo de energia elétrica é muito alto no verão; água mineral fica mais cara

Lucas Bernardino
Publicado em 08/01/2014

Janeiro é tradicionalmente um mês marcado por forte calor. Em Juiz de Fora, quem não pode fugir para uma cidade do litoral, precisa arrumar soluções para amenizar as altas temperaturas. No trabalho, em casa ou na rua, o ar condicionado é o principal aliado na hora de se refrescar. O crescimento na venda desses aparelhos e também dos ventiladores não é novidade.

E com tantos aparelhos ligados, a rede elétrica precisa estar preparada para suportar a demanda. Mas segundo assessoria da CEMIG, essa alteração de demanda não é tão significativa. Ouça a entrevista com o assessor da CEMIG de Juiz de Fora, Celso Noronha.

 

Água mineral se torna de 10% a 15% mais cara no verão. Foto: Lucas Bernardino

Água mineral se torna de 10% a 15% mais cara no verão. Foto: Lucas Bernardino

Além de se refrescar no ar condicionado, é importante beber muita água para manter o corpo hidratado. Com isso, o consumo de água tem um aumento considerável durante o verão. O comerciante Ronaldo Frisero trabalha em um hortifruti no bairro São Pedro. Além dos vegetais e frutas, também vende e faz entregas de garrafões de água mineral.

“A venda de água aumenta em torno de 30% no verão. E o preço sobe de 10% a 15%”, comentou.

Já o aumento do consumo de água nas casas também é gritante em janeiro. Além de ser utilizada para se refrescar do calor, muitas pessoas aproveitam o tempo bom para lavar o carro ou acabam tomando mais banhos por dia.

Para isso, o abastecimento deve ter alguns cuidados para que não falte água. Moradores de Juiz de Fora nos bairros Jardim Natal, zona norte e Sagrado Coração de Jesus, na zona sul, enfrentaram problemas e chegaram a ficar dias sem água no início do mês. Alguns chegaram a reclamar nas redes sociais, com fotos dos caminhões pipa chegando ao bairro como única forma de abastecimento.

A CESAMA não respondeu às tentativas de contato feitas durante a apuração desta matéria.

É sempre necessário lembrar que o consumo seja consciente. Deve-se economizar água para evitar esse tipo de transtorno.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: