Skip to content

Emprego temporário de Papai Noel mexe com o bolso e com os corações dos bons velhinhos

Angelo Tosta
Publicado em 11/12/13

Mesmo com todos os adereços, Mário diz que gasta apenas 15 minutos para se arrumar. Foto: Internet

Mesmo com todos os adereços, Mário diz que gasta apenas 15 minutos para se arrumar. Foto: Internet

Ele é bonzinho, só aparece no Natal e dá presente para todas as crianças. O Papai Noel já é um símbolo do Natal e a cada ano as lojas usam o bom velinho para atrair cada vez mais clientes. Chamando as crianças para subir no colo e tirar uma foto, o Papai Noel já se trata de uma presença certa nos mais diferentes locais de Juiz de Fora. Mas a questão que fica é: quem é o homem por trás da barba, do gorro e da roupa vermelha?

Já é de conhecimento geral que o fim de ano vem acompanhado de muitas oportunidades de trabalho temporário. A previsão para o ano de 2013 é de aproximadamente 160 mil vagas em todo o Brasil, sendo que, cerca de 20 mil pessoas devem ser efetivadas após o fim do contrato. E dos setores empregatícios, o que mais abrange funcionários (cerca de 70%) é o comércio, do qual faz parte o Papai Noel.

Mário Galvanni, 59, já é Papai Noel há 7 anos. Foto: Internet

Mário Galvanni, 59, já é Papai Noel há 7 anos. Foto: Internet

Mas se engana muito quem acha que se trata de apenas vestir uma roupa e abraçar as crianças. Conversamos com Mário Galvanni, ator e produtor de 59 anos, que já é Papai Noel em lojas e centro comerciais da cidade há 7 anos. Perguntado sobre o que é ser Papai Noel, ele afirma que “a risada do Papai Noel, o sentar da criança no seu colo, o adulto conversando e brincando com a magia… isso é muito mais do que vestir uma roupa. Eu fiz um estudo pra ser Papai Noel, porque suas lendas e verdades se tratam de uma filosofia de vida. Meu Papai Noel também é espiritual. Sempre desejo que Deus proteja as crianças com muita luz no final”.

Quem olha e vê o personagem todo adornado de gorro, barba, botas e roupas características deve imaginar um grande trabalho para ficar pronto para começar a festa da criançada. Mas, Falando sobre a preparação Mário diz que gasta no máximo 15 minutos para fica como Papai Noel. Segundo ele a roupa é prática e os acessórios, como a barriga, são fáceis de ser colocados. Em relação à barba ele diz: “eu só não deixo minha barba crescer de verdade porque eu não vivo apenas de Papai Noel, apesar de ser um ganho que dura uma boa parte do ano”.

E é claro que a vida de um Papai Noel não é acompanhada apenas de normalidades. Histórias marcantes já aconteceram, e ainda acontecem, com Mário, e provavelmente com os outros profissionais da cidade. Dizendo que deve-se estar preparado pra tudo, Mário conta que certa vez, quando visitou uma família carente para entregar brinquedos voluntariamente,  encontrou um menino, de 4 anos, que tinha as pernas tortas: “A família não tinha dinheiro para fazer a operação, mas quem estava lá para conseguir isso? O Papai Noel! Conseguimos através de muito esforço a operação para o menino. Foi muito bom depois ver a família grata e a criança extremamente ligada ao personagem do Papai Noel. Foi inesquecível”.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: