Skip to content

Convivência em grupos ajuda a redescobrir a alegria de viver

Por Polyana Castro

Postado em: 26/03/14

Relacionar-se com outras pessoas é uma necessidade constante para o bem estar mental e físico, na terceira idade essa sociabilidade torna um fator essencial para viver com qualidade. A vida em grupo possibilita crescimento, aponta oportunidades, troca experiências, consola nos momentos difíceis, compartilha a alegria e divide os problemas do dia a dia. Saiba mais sobre a importância do convívio social neste blog.

Maria das Graças curou da depressão após  começar a prática de atividades em grupo

Maria das Graças curou da depressão após começar a prática de atividades em grupo. Foto: Polyana Castro

Engana-se quem pensa que a prática do exercício físico na terceira idade, só é importante para melhorar a força física. Maria das Graças Vital Menta, 53 anos, é moradora do bairro de Lourdes, e participa do projeto social da comunidade, neste projeto ela e mais 15 idosos participam de caminhada e ginástica.

Ela conta que o projeto a ajudou combater a depressão e insônia que sofria, tomava vários remédios e hoje já não é mais preciso. “Você convive com várias pessoas, você vê que o que vive, não é um problema só seu, tem várias pessoas que passam pelos mesmos problemas, e uma fortalece a outra”.

Maria das Graças  ainda ressalta que é um compromisso estar todos os dias presente no projeto, pois se falta o grupo inteiro cobra e não a deixa a desistir das atividades. Ouça o depoimento da Maria das Graças.

 

Terceira idade pratica exercícios físicos em projeto social no bairro de Lourdes

Terceira idade pratica exercícios físicos em projeto social no bairro de Lourdes. Foto: Polyana Castro

 

O  Educador Físico Eduardo Borba, é professor de ginástica e orientador de caminhada para a terceira idade e afirma que a melhoria da condição física dos alunos é nítida, mas o psíquico é ainda mais fortalecido. “O idoso que frequenta atividades em grupo interage com pessoas que têm características comuns as suas e isso o faz sentir melhor. O encontro os enriquece e não os deixam adoecer, além de ser um momento de diversão e distração onde eles esquecem seus problemas.”

O lar de idosos, Luiza de Marillac, além da atividade física, desenvolve outros diversos trabalhos em equipe para os moradores, proporcionando aos idosos a oportunidade de participarem de entretenimento sociais, lazer, cultura e esportes. O lar oferece oficinas de pintura em tecidos, tricô, tear, crochê, corte e costura diversos tipos de artesanatos e plantio de Horta.

Ângela Vargas, 63 anos, é moradora do Lar há dois anos e desde que entrou para a casa, desenvolve atividades em grupo, ela disse que é nitidamente notado a importância desses trabalhos em grupo, um depende do outro, um ajuda o outro, e a cooperação mútua os deixa com os laços de companheirismo mais forte, o que é essencial para eles que moram todos juntos.

Além disso, Ângela também trabalha na secretaria do Lar, atende telefonemas e ajuda a organizar as atividades da instituição, ela vê esse trabalho como um aspecto bem positivo, pois interage ainda mais com todas as pessoas que moram lá, com os professores dos projetos, responsáveis e visitantes, e isso a faz sentir melhor e ver o quanto é importante para a casa.
Confira a página do Lar no facebook.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: