Skip to content

XIX Seminário de Iniciação Científica começou hoje

Tamiris Toschi 

DSC_0011

Primeiro dia do XIX Seminário de Iniciação Científica


O Seminário de Iniciação da UFJF começou hoje na praça cívica da instituição. O evento vai até o dia 25 de outubro.

Nas tendas montadas na praça cívica da UFJF os participantes podem conferir, por meio de posters, os resultados dos projetos de iniciação científica dos alunos da graduação, pós-graduação e do ensino médio. Os programas são financiados pela pró-reitoria de pesquisa em parceria com a UFJF, Fapemig e Cnpq.

Além das apresentações dos painéis e as palestras, este ano, o seminário também vai oferecer dois mini-cursos sobre “EndNote Web: umaferramenta para gerenciar referências bibliográficas e Normalização de Trabalhos Acadêmicos”  promovidos pelo Centro de Difusão do Conhecimento em parceria com a Propesq. Os participantes também podem conferir a exposição “Antártica – a última fronteira” de Marina Klink no Hall da biblioteca central.

DSC_0021

Exposição “Antártica – a última frnteira” de Marina Klink.

As atividades

Matheus Freitas é aluno do curso de Comunicação e é bolsista de iniciação científica na Faculdade de Educação. O estudante vai apresentar o trabalho “Entre o artesanal e o industrial: a produção de material visual em educação a distância” pela primeira fez no seminário.  O projeto busca pesquisar sobre novos meios de produção audivisual para a educação. Para Matheus participar do evento é mais uma profissionalização dentro da área de iniciação científica oferecido pela Universidade.   Além disso, o estudante salienta que os resultados apresentados do seu trabalho vai contribuir ainda mais para os dois cursos à distancia da UFJF.

DSC_0018

A pro reitora de pesquisa Marta d’Agosto afirma que o evento cresceu do último ano para este.  Segunda Marta, foram inscritos 575 projetos, geralmente envolvendo mais de um bolsista. “Houve um aumento no número de bolsas de iniciação cientifica ao longo do tempo. O programa interno tinha 180 bolsas, neste ano, de 2013 à 2014, nós já temos 480 alunos.” afirma Marta.

Durante o evento, 24 consultores externos à Universidade avaliam as apresentações dos projetos. Depois disto, são escolhidos um projeto destaque por área de atuação. Para a pro-reitora a bolsa de iniciação cientifica é uma das atividades mais completas da universidade: “O aluno participa de um processo de formação de discussão do projeto, ele desenvolve uma metodologia, ele participa da análise dos resultados e apresenta estes resultados. Ele fecha um ciclo completo das pesquisas. ” Confira a entrevista completa abaixo:

http://

De acordo com a pro reitora, a participação no evento conta como atividade extra classe podendo ser convertida em créditos para os alunos. O evento é aberto aos alunos, podendo a inscrição ser feita na hora.  A programação completa do seminário está disponível do site.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: