Skip to content

Uso de gadgets à noite prejudica a qualidade do sono

Monise Vieira

Postado em 25/03/2014

Se você tem o hábito de ficar conectado em smartphones, tablets ou notebooks até a hora de dormir é bom começar a mudar essa rotina. O problema é que a luz e a claridade emitidas pelos aparelhos alteram o ciclo diário do corpo, inibindo a liberação dos hormônios do sono e deixando a pessoa alerta.

O que acontece é que o corpo humano passa por um ciclo conhecido como ciclo circadiano (do latim circa cerca de + diem dia) que designa o período de aproximadamente 24 horas sobre o qual se baseia o ciclo biológico de quase todos os seres vivos. Esse processo é influenciado principalmente pela variação de luz, temperatura, marés e ventos entre o dia e a noite e regula todos os ritmos materiais como, por exemplo, ritmo psicológico, digestão, sono, renovação de células, entre outros.

O Analista de Sistemas Felipe Ribeiro, de 29 anos, se considera um viciado em tecnologia e aparelhos eletrônicos e conta que nos últimos anos desenvolveu uma dificuldade para dormir devido ao uso do smartphone no período da noite. “Acaba que fico usando tanto esses aparelhos que fico agitado à noite, me prejudica demais na hora de dormir. Acredito que a facilidade que temos hoje nos proporciona esse vício. Também o fato de eu sempre ter trabalhado com tecnologia auxiliou demais essa dependência”.

Felipe Ribeiro passa cerca de 12 horas por dia conectado.

Felipe Ribeiro passa cerca de 12 horas por dia conectado.

Felipe, que passa em média 12 horas por dia conectado, conta que para fugir da insônia causada pelo celular tem procurado outras alternativas e acredita que a TV o ajuda. “A TV acaba sendo uma distração, o celular te causa uma dependência e uma busca pelo ‘saber’ de tudo que está acontecendo, você recebe informações de portais de notícias, redes sociais e quer acessar. Já a TV não, eu não tenho muito costume de procurar informações na televisão, uso apenas para ver filmes e programas de entretenimento”.

A Distribuidora Independente, Ludimila Rodrigues, de 30 anos, optou por comprar um tablet para a filha Maria Luísa, de 2 anos, para que ela pudesse brincar sem usar o aparelho celular dos pais. Para a mãe é uma boa opção, já que a menina prefere assistir desenhos quando não tem companhia de outras crianças para brincar.

Ludimila explica que Maria Luísa não tem acesso direto ao aparelho “na verdade ele só funciona com wifi, então é um pouco restrito, mesmo tendo esse tipo de tecnologia em vários estabelecimentos. Nós sempre levamos para onde vamos, porque caso não tenha crianças ou outra distração para ela, deixamos ela usar”.

Maria Luísa assistindo desenho no tablet

Maria Luísa assistindo desenho no tablet

A mãe conta que dá preferência aos aplicativos educativos, feitos    especialmente para crianças. Ela acredita que o uso da tecnologia estimula a inteligência e não interfere no sono da filha, porque ela tem uma rotina com horário para dormir. “Se a criança tiver um horário estabelecido para dormir tudo fica mais tranquilo e fácil. Acho que os aparelhos podem auxiliar no desenvolvimento, mas não só isso. A criança também precisa ser estimulada e interagir com outras crianças”.

O Neurologista e especialista em transtornos do sono, Adriano Miranda, acredita que “a tecnologia foi imposta à sociedade” e por isso não só a luz atrapalha a qualidade do sono, mas também a necessidade de estar conectado e atento a tudo o que está à nossa volta.

O médico explica que as luzes emitidas pelos gadgets (inclusive a televisão vista por Felipe) inibem a liberação da melatonina, um hormônio fundamental para a qualidade do sono. E a privação desse momento de descanso pode trazer diversas doenças, principalmente para crianças.

Clique aqui e escute o Dr. Adriano Miranda.

 

Clique aqui e veja pesquisas sobre o assunto realizadas em Harvard.

 

Veja outros distúrbios do sono.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: