Skip to content

O que você vai ser quando crescer?

 Essa pergunta que acompanha a todos desde a infância, ganha um peso a mais quando os alunos chegam ao terceiro ano do ensino médio.

Por Thalita Rocha

Em 08/07/2014

As inscrições para o PISM  da UFJF já estão abertas e as do ENEM já foram encerradas, chegou a hora da decisão.  Mas com tantas opções, como decidir qual curso fazer?

Recentemente, o Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) promoveu um estudo sobre o comportamento dos estudantes na escolha da profissão. Entre os consultados, 37% leram materiais sobre a carreira pretendida; 32% conversaram com amigos e profissionais da área;  20,68% fizeram testes vocacionais em sites ou instituições de ensino e 7,92% tomaram a decisão consultando as  suas famílias.

[fonte: NUBE]

 37%  dos entrevistados leram materiais sobre a carreira pretendida para escolherem suas profissões/ fonte: http://www.theatlantic.com/technology/archive/2012/07/what-its-like-to-teach-a-mooc-and-what-the-hecks-a-mooc/260000/

37% dos entrevistados leram materiais sobre a carreira pretendida para escolherem suas profissões/ fonte: http://www.theatlantic.com/technology/archive/2012/07/what-its-like-to-teach-a-mooc-and-what-the-hecks-a-mooc/260000/

Perguntamos para alguns jovens de Juiz de Fora como eles escolheram as suas vocações, veja abaixo:

 

Ajuda profissional

Como dito na pesquisa do NUBE, uma parte dos jovens fazem testes vocacionais, mas a maioria toma essa decisão com base em informações lidas ou obtidas em conversas com amigos e profissionais. É pensando nessa demanda que o Programa de Educação Tutorial (PET), do curso de Psicologia da UFJF, desenvolve um projeto que ajuda alunos de escolas públicas de Juiz de Fora no processo de escolha de suas carreiras profissionais.

O ” Programa de Orientação Profissional”  está  na sua quarta edição. Nesse ano, foram escolhidos alunos da Escola Estadual Duque de Caxias e do Instituto Estadual de Educação de Juiz de Fora.

No projeto são realizadas dinâmicas de grupo, discussões e conversas com profissionais, que contam suas experiências no mercado, tudo com o objetivo de trazer informações para esses alunos. “O intuito não é fornecer ao aluno as respostas prontas, mas achar as perguntas certas para que cada um possa encontrar seu próprio caminho”, explica Lívia Vale, bolsista do PET.

 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: