Skip to content

Debate sobre os 50 anos do Golpe Militar desperta interesse de jovens e idosos

Polyana Castro, postado em 02/04/2014

O evento “Impressões do Golpe: 50 anos depois”, aconteceu na última segunda, 31, no Museu de Arte Moderna Murilo Mendes (Mamm). O debate foi uma iniciativa do Grupo de Pesquisa Comunicação, Cidade, Memória e Cultura, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), que teve o objetivo de aproveitar a data para fazer uma reflexão do que foi o dia 31 de março de 1964, o Golpe Militar, que hoje é rememorado na história do Brasil.

Na mesa,Ivanir Yasbeck, Ismair Zaghetto,Christina Musse e Márcio Delgado

Na mesa,Ivanir Yasbeck, Ismair Zaghetto,Christina Musse e Márcio Delgado

O evento contou com a presença do historiador Márcio Delgado, e de dois jornalistas que trabalharam em redações durante o golpe militar e todo o período de ditadura, Ismair Zaghetto e o Ivanir Yasbeck, estes relataram sobre o acontecimento e partilharam depoimentos. A mesa de debates foi mediada pela professora da Universidade e líder do grupo de pesquisa, Christina Musse.

O jornalista Ivanir Yasbeck, ressalta a importância de discutir um tema como este na sociedade atual. “É sempre importante levantar esses temas, por mais ultrapassados que a gente imagine. Tem que ser do conhecimento de todos, não pode ser esquecido para que não se repita, país que não tem memória tem de se repetir seus erros diariamente e para sempre”.

Para a professora Christina Musse, um evento como esse tem que ser realizado para as pessoas exercitarem o senso crítico e terem uma opinião argumentativa forte. “Não basta ler, não basta ouvir apenas uma fonte, você tem que saber julgar”. A coordenadora do evento ficou muito satisfeita ao ver um auditório cheio e participativo, onde pessoas de idades diferentes compartilharam informações e acrescentaram conhecimentos umas as outras. Ouça o depoimento da Christina sobre o evento.

Jovens e idosos lotaram o auditório

Jovens e idosos lotaram o auditório


Para os jovens, o evento acrescentou informações que ainda não eram de conhecimento deles, a estudante de história da UFJF, Carolina Martins, diz que gostou muito do evento, e espera ter mais espaços como estes. “Faltam espaços como esse em Juiz de Fora, para discutirmos temas tão importantes, essa foi uma grande oportunidade”.

Sobre os convidados do evento
Márcio Delgado é doutor em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e atua como professor. Sua área de pesquisa abrange período Republicano pós-Estado Novo e Ditadura Militar.
Ivanir Yasbeck tem passagens pelo Jornal do Brasil, O Globo, o Dia e Extra. Foi editor-chefe no jornal Tribuna de Minas e no Jornal Sete .Em 1964, o jornalista trabalhava no Correio de Minas, em Belo Horizonte.
Ismair Zaghetto é sociólogo, professor e jornalista. Em 1964, tinha 31 anos e começava a trabalhar no jornal Diário Mercantil.

 

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: