Pular para o conteúdo

O que a nova TV Câmara muda em Juiz de Fora

foto

Por Matheus Engenheiro

Treze anos depois da publicação do primeiro projeto de resolução que previa a implantação da TV Câmara em Juiz de Fora, a programação local do legislativo da cidade vai finalmente entrar no ar. A partir do mês de dezembro, parte da programação da TV Assembléia será compartilhada com a TV Câmara de Juiz de Fora. De segunda a quinta-feira, de 17h30 às 19h30 e sexta-feira, de 10h30 às 12h30, serão transmitidas ao vivo as reuniões ordinárias, programas de entrevistas, agenda de atividades, agenda cultural e o Jornal da Câmara, além de programas feitos com instituições filantrópicas da cidade.

O Presidente da Câmara, Júlio Gasparette, em entrevista ao JF Hipermídia, falou sobre a iniciativa, história e importância da implantação da tv para Juiz de Fora. Confira o vídeo.

A implantação da TV atinge também toda a imprensa local. Para o jornalista Guilherme Arêas, a transmissão pode modificar a rotina das redações: “pode ser que, em determinadas ocasiões, o jornalista deixe de ir ao plenário para acompanhar as discussões pela TV, dentro da própria redação. Em um cenário de crise dos jornais tradicionais, economizar tempo e dinheiro faz diferença. Outra situação: se a câmeras registrarem debates mais acalorados entre vereadores, o registro, por si só, pode render uma pauta”. Para Guilherme a TV Câmara deve ser vista como uma valorização da comunicação social como um todo em Juiz de Fora e que é mais uma oportunidade para os profissionais da cidade.

Para o Professor da Faculdade de Jornalismo da UFJF Paulo Roberto Figueira Leal, existe uma carência de produção local de tv, uma vez que a nossa principal emissora é uma “afiliada de uma afiliada”. Confira a fala do professor para o JF Hipermídia.

Equipe e equipamento

Quem vai trabalhar na programação é uma equipe formada por uma jornalista, dois cinegrafistas/editores e um técnico de TV. Esses profissionais, exceto o técnico de tv, foram remanejados de cargo, não abrindo nenhuma vaga para concurso. A jornalista Bruna Barbosa, que é a atual coordenadora da TV Câmara, trabalhava antes como Diretora de Comunicação. Cargo que será assumido por Ricardo Miranda, antigo Assessor de Comunicação. O cargo de assessor foi extinto, sendo a vaga transferida para o de técnico de tv. Segundo Bruna Barbosa, a intenção é que a TV seja ampliada futuramente. O equipamento que será utilizado pela tv ainda está no processo de licitação. Na próxima quarta-feira será realizado o pregão presencial, que é quando as empresas dão o preço do produto com as características requeridas. Então, menor valor é escolhido.

“TV Paulo Rogério dos Santos”

No final de outubro, a Câmara aprovou resolução que deu nome à TV Câmara, denominando-a Paulo Rogério dos Santos, em homenagem ao ex-vereador. Em sua página no Facebook, a Câmara publicou sobre a importância de Paulo Rogério para o início do processo.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: