Skip to content

Desfile adiantado das escolas de samba em Juiz de Fora acontece em fevereiro

Angelo Tosta

Postado em 20/01/2014

A própria Liesjuf propôs a mudança na data do Carnaval em Juiz de Fora. Foto: liesjuf.com

A própria Liesjuf propôs a mudança na data do Carnaval em Juiz de Fora. Foto: liesjuf.com

Apesar do feriado nacional de carnaval estar marcado apenas para o dia primeiro de março, as festividades em Juiz de Fora começam bem antes. Isso porque os desfiles das escolas de samba da cidade vão se apresentar, pela primeira vez, dez dias mais cedo, nos dias 21 e 22 de fevereiro (terça e quarta-feira).

A decisão da antecipação veio das próprias escolas de samba, através da Liga das Escolas de Samba de Juiz de Fora (Liesjuf), que votou por unanimidade para a alteração da data. O objetivo é aproveitar a presença das pessoas na cidade, já que boa parte dessa viaja no período, e também conquistar uma maior cobertura por parte da impressa, até mesmo porque não entra em concorrência com os grandes eventos de Rio de Janeiro e São Paulo.

Toninho Dutra diz que este ano é um teste para ver se a alteração de data será bem sucedida. Foto: Tribuna de Minas

Toninho Dutra diz que este ano é um teste para ver se a alteração de data será bem sucedida. Foto: Tribuna de Minas

Mesmo com o fato das expectativas serem de maior participação do público na edição do evento neste ano, Toninho Dutra, que é superintendente da Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (FUNALFA), prefere adotar uma postura mais cautelosa. Em entrevista concedida ao G1.com, Toninho disse que é necessário “analisar se esta experimentação funciona, torcemos para que traga mais gente, para investirmos no turismo da região e trazer lucros para o carnaval da cidade. Esse desfile está sendo feito de maneira heroica, porque muitas escolas estão ensaiando nas ruas, aproveitando os espaços nas comunidades para poder não deixar de existir esse Carnaval tradicional na cidade”.

Outra novidade este ano no carnaval juiz-forano é a ausência dos desfiles das campeãs. Com o orçamento apertado o desfile chegou a dar prejuízo para algumas instituições em anos anteriores e raramente conseguia juntar todo os participantes para desfilar novamente.

Mas apesar da ausência dos desfiles das campeãs a programação festiva da cidade não fica vazia até o dia do feriado nacional. Com programações durante todos os dez dias, o ponto alto parece ter sido deixado por último com a apresentação da Banda Daki no dia primeiro de março, a qual completa 40 anos de existência em 2014.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: