Skip to content

Comprando coelho por lebre: alternativas à indústria do chocolate

A produção de chocolates artesanais dá liberdade de criação para produtos diferenciados.

A produção de chocolates artesanais dá liberdade de criação para produtos diferenciados (Foto: Divulgação)

Augusto Nogueira, postada em 26/03/2014

Comercialmente, a Páscoa é sinônimo dos famosos ovos de chocolate. Os varejos ficam inundados por um mar de ovos multicoloridos, de todos os tamanhos, com todos os diferenciais e mais alguns: brindes, objetos úteis, brinquedos, sabores diferentes… O comprador acaba se perdendo dentre todas as opções e pode acontecer de não fazer a escolha mais cuidadosa.

Neste Dia do Cacau, trazemos o retrato de como a economia está aquecida para o período de Páscoa, mas por olhamos um lado diferente: o do chocolate artesanal.

Fernanda Boroni é responsável pelos chocolates artesanais da marca Juju Chocolates e Afins. Ela disse que seu principal público são aquelas pessoas que querem adquirir produtos de qualidade sem gastar muito por isso. A comodidade de receber os ovos em casa, através do serviço de entrega próprio que a Fernanda oferece, é outro atrativo do negócio.

Só na época da Páscoa, Fernanda consegue faturar cerca de R$ 1 mil extras. Os preços variam de R$7 à R$55,oo. A produção de chocolates é trabalho para o ano inteiro. “Trabalho com chocolate o ano todo, afinal o chocolate é uma paixão nacional. Tenho produtos para qualquer comemoração e também trabalho com produtos eróticos”, conta Fernanda. Ela também trabalha com bolos e sobremesas para festas.

O produto “da moda” este ano entre os chocolates artesanais repete o sucesso do ano passado: o ovo de colher. Ele é uma casca de chocolate, como se fosse uma metade de um ovo de páscoa, recheado até a borda.

734406_484150184975259_1992416324_n

Chocolate de colher é o queridinho entre os chocolates artesanais (Foto: Divulgação)

 

Uma outra alternativa

 

Laís Lamas é vegetariana e por isso mesmo, acaba sendo bastante consciente de sua alimentação. Entre as opções de chocolate, ela optou pelo chocolate de soja. Ele é um produto sem açúcar e sem lactose, que tem suas calorias bastante reduzidas. Laís opta pelo chocolate de soja no dia a dia por ser menos calórico e porque ela não gosta do chocolate meio amargo, considerado mais natural e saudável do que o chocolate ao leite.

O chocolate de soja também traz o diferencial de ter mais proteína, nutriente que Laís precisa ingerir com atenção, já que não come carne. Mas vale ressaltar que a opção pelo chocolate de soja é por saúde: Laís não tem restrições quanto ao chocolate normal e adora, como conta abaixo. Ela também conta que conhece pessoas que vão substituir o chocolate convencional totalmente na Páscoa.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: