Skip to content

Preço do leite é o mais alto dos últimos seis anos

por Pedro Miranda – publicado em 7/4/2014

O leite está mais caro | Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

O leite está mais caro | Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

Segundo dados da Secretaria de Agropecuária e Abastecimento de Juiz de Fora, o leite foi um dos vilões para o bolso do consumidor

O preço do leite é o mais alto dos últimos cinco anos, foi o que indicou uma pesquisa da Secretaria de Agropecuária e Abastecimento de Juiz de Fora (SAA/PJF), divulgada na última quinta-feira. O preço médio do leite na cidade é de R$2,19. A pesquisa foi realizada em 53 estabelecimentos em oito regiões da cidade. Em 2013, o valor médio do produto ficou em R$2,04, isso representa um aumento de 7% no preço do leite.  Em 2012, o item custava em média R$1,80. No acumulado desde 2009 até abril deste ano a alta foi de 30%.

Quem tem reclamado desse aumento é o consumidor. A doméstica, Ana Maria Silva, compra leite diariamente. E percebeu que o item tem pesado mais na compra, assim como os derivados. “A gente percebe que tudo aumentou. Mas, o leite foi bem mais. Com isso o iogurte fica mais caro, e o queijo também”.

Esse aumento é consequência do período de estiagem que passamos recentemente e da falta de insumos que compões a alimentação do gado, época em que os pastos perdem qualidade e as vacas produzem menos, e a falta de oferta do leite no mercado internacional que fez com que o produto fosse valorizado no mercado. Para os especialistas, esse aumento no preço já era esperado, é o que afirma Julio Alvarenga, coordenador de pesquisas da Secretaria de Agropecuária e Abastecimento. “Esse aumento já era esperado pelos técnicos. Porém, a tendência é de estabilidade, porque chega um momento que vai aumentando, e o consumidor não aguenta”, conclui. Ouça íntegra da entrevista abaixo.

Fábio Homero Diniz

Fábio Diniz, agronômo Embrapa | Foto: Leonardo Alves

Fábio Diniz, engenheiro agrônomo da Embrapa, concorda com o coordenador de pesquisas da SAA, e diz que o aumento do preço é consequência da falta do produto no mercado. “Essa variação do preço se deve, principalmente, a produção e a demanda que vem aumentando muito. Não só do leite em natura, mas dos lácteos em geral”. Ouça íntegra da entrevista abaixo.

 

Derivados tem aumento de preço

Derivados também sobem de preço | Foto: Supermercado Família

Derivados também sobem de preço | Foto: Supermercado Família

A alta do leite alavanca também o preço dos derivados, como, o leite tipo longa vida, a margarina, o iogurte, e o queijo. Desde o início do ano, o leite longa vida subiu quase 27%. O queijo aumentou 11% e o iogurte 8%. Apesar de vender o leite por um preço maior no mercado, alguns produtores também ficam prejudicados. Muitos são produtores de derivados como o queijo, com a queda na produção eles têm que escolher entre vender o leite ou produzir o queijo. Saiba mais sobre os números da produção de leite no Brasil no vídeo abaixo.

 

Pró-Leite

A prefeitura de Juiz de Fora conta com um serviço de apoio aos produtores, o Pró-Leite, que tem o objetivo de prestar consultoria e subsidiar os produtores rurais em situação de emergência. De acordo com o coordenador do serviço, Edison Fontes, o programa é uma forma de ajudar o produtor rural, principalmente, nessas situações de crise. Ouça íntegra da entrevista abaixo.

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: