Skip to content

Falta de patrocínio é realidade em JF

Postado em 18/11/2013

Fabrício Andrade

Seja no futebol, no volei ou na ginástica. As dificuldades de se conseguir patrocínio nos esportes é real, e também está presente em Juiz de Fora. Para conquistar o sonho, muitos atletas precisam tirar de seus próprios bolsos para competir em outras cidades, e até mesmo países.

O governo federal possui alguns tipos de incentivo que oferecem apoio para atletas em todo o território nacional. O Bolsa-Atleta (http://www2.esporte.gov.br/snear/bolsaAtleta/prerequisitos.jsp) é um programa do Ministério do Esporte criado em 2005, que patrocina individualmente atletas e para-atletas de alto rendimento, que tenham obtido bons resultados em competições nacionais e internacionais de sua modalidade. Para participar, basta que o atleta cumpra os pré-requisitos, mantenha-se treinando e competindo e alcance bons resultados nas competições que dispute.

Hugo Lopes é ginasta e também recebe apoio do Bolsa-atleta. Ele é um colecionador de prêmios e afirma que isso vem desde criancinha. “Desde pequeno eu pulava em casa, virava estrelinha, hoje eu uso a ginástica como minha fonte de renda. Mesmo com tantas dificuldades por causa da falta de patrocínio já competi em vários campeonatos.Eu sou Vice-Campeão brasileiro, bi-campeão mineiro e fui competir em Portugal ano passado.” Veja a galeria de fotos de um dos pulos do atleta:

Rafael Moreira é um ginasta juiz-forano contemplado pelo Bolsa-Atleta e também treinador na escola de Ginástica Recrear. O ginasta fala sobre a situação do patrocínio na cidade e comenta algumas de suas vitórias.

Mesmo com o apoio do Bolsa-Atleta as viagens são constantes e muitas vezes esse dinheiro não é o suficiente. Desde 2012 o Governo Federal liberou que os atletas não precisem ficar só com esse patrocínio e possam buscar soluções alternativas como, por exemplo, empresas de iniciativa privada.

Escolas investem no esporte em Juiz de Fora

Escolas investem no esporte em Juiz de Fora

Outras soluções de incentivo ao esporte podem ser vistas em escolas da cidade. No Colégio de aplicação João XXIII, existem projetos que possibilitam aos alunos, desde o ensino fundamental, um contato maior com os esportes, como é o caso do projeto de Ginástica Olímpica e de Trampolim. Roseana Mendes é coordenadora do Projeto e fala da importância dele para os alunos.

Não só no nos esportes que a falta de patrocínio é encontrada,na área cultural também. Em Juiz de Fora existe uma lei de incentivo à cultura, chamada Lei Murilo Mendes. Criada na década de 1990, foi a primeira lei de incentivo cultural  presente no interior do Brasil que, ao aprovar o projeto, destina o recurso necessário a sua realização, possibilitando ao artista executar o seu trabalho.

A secretária da Lei, Fernanda Amaral, fala qual é o diferencial da iniciativa. “Divergindo, por exemplo, da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, que oferece incentivos fiscais às empresas que patrocinam os projetos, a Lei Murilo Mendes fornece o valor necessário para realização do projeto, sem que haja a necessidade de que os artistas busquem patrocinadores”.

Lílian Werneck, jornalista e cineastra, teve seu primeiro curta-metragem, O Móbile:Admiração, aprovado pela Lei. “Antes da Murilo Mendes, eu havia conseguido a Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Mina Gerai, no valor de R$ 120 mil para produzir 5 curtas em série. Mas não consegui produzir. Tanto pelos recursos poucos que o projeto me disponibilizou, quanto pela dificuldade de captação”, comenta Lílian, que já está a caminho de seu segundo projeto na cidade

Isabella Gonçalves é um exemplo de que essa lei significa uma melhora no incentivo cultural mas ainda tem muito o que avançar para contemplar uma parcela maior da sociedade.

Seja na cultura ou seja no esporte, incentivos devem existir e para isso atletas e artistas mais capacitados devem estar em constante preparo.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: