Skip to content

Cross training em Juiz de Fora

Atividade física aposta em intensidades rápidas, resistência aeróbica e muscular.

Por Marcela Cavalari

Publicado em 12/08/2013

Estar preparado para tudo e se superar cada vez mais. Parece filosofia de vida, não é mesmo?
E não deixa de ser, mas se trata também do Cross Training, atividade física que se vale de exercícios aeróbicos, de ginástica olímpica e de força.  O educador físico Lucas Leite fala um pouco mais sobre do que se trata.

21454_608188492538014_1981909684_n

Luis Arthur gosta do cross training por trabalhar os músculos de forma conjunta.

Pular corda, correr, fazer barras e abdominal são alguns dos exercícios utilizados na atividade. Cada dia é um treino diferente. O que vale é a criatividade para montar o WOD (Work out of the day), o que pode ser entendido como treino do dia. O estudante Luiz Arthur Ventura conheceu o Cross training pela internet e logo se interessou.

“Cada dia você faz uma coisa diferente, não tem uma ficha de academia. Você realiza exercícios variados que vão desde levantamento de peso olímpico, até com o próprio peso do corpo”, conta Luiz Arthur.

O tempo de execução também é considerado. Lucas Leite explica que as características do treino são intensidades rápidas, resistência aeróbica e muscular. Sendo assim, os exercícios devem ser feitos no menor tempo possível ou o máximo de repetições em um determinado tempo.

A tendência é que o praticante melhore sempre o resultado obtido. “O cross training gera uma competição consigo mesmo, você tem que se superar cada vez mais”, afirma Lucas.

A atividade é oferecida em Juiz de Fora pela Vidativa Consultoria Esportiva. Além de professor, Lucas também é sócio-proprietário da empresa. Ele conta que a trouxe o cross training para a cidade porque era algo novo e já havia certa demanda.

A empresa de consultoria esportiva oferece esse serviço há três meses e conta com 30 alunos. Não há limite de idade nem contraindicação.  O importante é  trabalhar a técnica, pois o jeito de fazer exercícios como barra, abdominal e agachamento é diferente.  Todo exercício requer um treinamento antes.

Apesar de muitas pessoas temerem perder massa muscular com a atividade, Lucas enfatiza que essa ideia é errônea. De fato, o cross training é uma ótima dica para quem deseja emagracer, mas o praticante pode ter outros objetivos como hipertorfia e ganho de resistência, por exemplo.

O preço do Cross Training oferecido pela Vidativa varia entre R$210,00  R$300,00, de acordo com o número de aulas na semana.

Cross training ou levantamento de peso?

A maioria das atividades de força do cross training são baseadas no levantamento de peso, somando cerca de 90%. Por esse motivo, muitas pessoas confundem a atividade com o levantamento de peso olímpico.“O levantador de peso olímpico tem pavor do cross training, porque ele meio que vulgarizou a atividade”, afirma Lucas.

O treinador explica que o levantamento de peso é o segundo movimento mais complexo dos jogos olímpicos e exige muita técnica. “Tem mais ou menos de sete a dez movimentos separados para caracterizar um. Tem a tirada do peso, o levantamento dele até o peito, do peito até em cima. O pessoal confunde porque o cross training utiliza muitas técnicas de levantamento”, conclui.

Veja abaixo alguns exercícios de cross training :

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: