Skip to content

Festas de final de ano na tribo Pataxó

Miriam Azevedo

Postado em 06/01/2014

Natal não é igual em nenhum lugar do mundo e cada família tem sua tradição, é também assim com os índios da tribo Pataxó que moram em Santa Cruz de Cabrália no sul da Bahia. Alguns integrantes da aldeia Coroa Vermelha estiveram em Juiz de Fora vendendo artesanatos e tive a oportunidade de conhecer Jacy Angoho Pataxó que me contou como são as comemorações de final de ano na aldeia Coroa Vermelha e muito mais sobre a cultura dessa etnia.

DSC_0320

Pataxós expõe artesanato no calçadão de Juiz de Fora (Foto: Miriam Azevedo)

Os índios Pataxós comemoram o natal porque faz parte da cultura deles já que foram catequizados pelos jesuítas durante a descoberta do Brasil. Atualmente há diversas religiões dentro da tribo mas todos comemoram o Natal da mesma maneira.

As comemorações de Natal tem início no dia 24 e só se encerram no dia seguinte. No começo do primeiro dia, índios de diferentes etnias dançam o toré , dança típica onde toda a aldeia participa, após isso eles passam o dia com as respectivas famílias, cantam e fazem orações. Não existem músicas tradicionais de natal, são cânticos do dia-a-dia da tribo. A comida não é muito diferente daquela de todo dia, é o peixe.

1184767_395748837218368_1956210660_n

Jacy Angoho com família (Arquivo pessoal)

Diferentemente do Natal, o Ano Novo não é visto como uma data festiva. Os Pataxós não comemoram a passagem do ano pois comemoram a passagem de cada dia quando o sol nasce. Toda manhã a tribo se reúne para cantar e fazer uma oração agradecendo a Deus por mais um dia.

Escute e conheça abaixo alguns cânticos pataxós das celebrações:

Iorayo Toronté Japotxê – O Sol está brilhando (Cântico Pataxó)

Nitxi Awêry Kawpetõ Niamisu – Muito Obrigado meu Deus (Jacy Pataxó)

E confira a entrevista na íntegra com Jacy Angoho contando a origem da tribo, o cotidiano, as celebrações, as pinturas corporais e o cocar, e sobre a importância da preservação da história e difusão.

Outras informações sobre os Pataxós podem ser encontradas através do link  do Ministério da Justiça:

http://portal.mj.gov.br/data/Pages/MJA63EBC0EITEMID97E40658299248708ABD93B127495C90PTBRNN.htm

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: