Skip to content

Um leitor não nasce, se faz

Postado em 14/4/2014 as 10:00 por Jéssica Pereira

Atualizada as 15:00

 


 

Escola de Escritores

Ler histórias para crianças mesmo as que não foram alfabetizadas é a melhor forma de incentivá-las à leitura. E, para estimular este hábito, é preciso que ele esteja inserido na rotina das crianças desde cedo. E zelando por este incentivo é que o projeto Escola de Escritores surgiu, promovendo o acesso de crianças e adolescentes a desbravarem livros e autores, poesias, crônicas e outros gêneros narrativos.

O curso é voltado com prioridade para crianças de escola pública, na faixa etária de sete a 11 anos, e esta instalado no espaço de literatura infantil da biblioteca municipal Murilo Mendes, onde 14 alunos participam assiduamente, uma vez por semana, e aprendem de uma forma bem divertida a se aproximarem da leitura e da escrita.

A estudante Marina Salles, de 7 anos, está gostando muito do curso, e pensa até, em ser escritora no futuro. “Antes do curso eu não gostava de ler, mas agora eu estou aprendendo a gostar.”

 

Incentivo em casa

 

Além dos trabalhos realizados em grupo na aula, os alunos escolhem ao final de cada aula um livro para lerem em casa, e interagirem com sua família.

 

Um incentivo que de acordo com a professora Margareth Marinho, começa no projeto e se estende pra casa, com o apoio dos pais.

 Veja a entrevista com a professora coordenadora do curso.

 

A melhor forma de aproximar uma criança da leitura é oferecer a ela o exemplo em casa, “Os pais que direcionaram as crianças aqui pro espaço, isso já é um grande passo de incentivo. Os pais que tendem a dar o grande exemplo de ler tendem a influenciar o comportamento futuro de seus filhos“, atenta a professora.

Segundo a mãe de um dos alunos do projeto, Lucia Cardoso, o curso proporciona uma experiência de muito conhecimento, melhora na concentração e no interesse escolar. “Esse contato com a leitura é uma experiência única que estou podendo proporcionar pro meu filho dentro deste projeto, tenho certeza que um dia ele vai me agradecer. Ele sai daqui muito feliz e interessado com as historias, e contagia todos em casa”.

 

Na aula depois dos debates sobre cada obra lida em grupo, as ideias são colocadas no papel, são criadas brincadeiras, onde eles são impulsionados a escreverem novas historias a partir das que já leram, então começa a criação dos textos que também aborda os aspectos básicos do livro, como ilustração, capa de folha e rosto.

 

 

Durante os próximos 2 messes, os trabalhos realizados pela escola de escritores poderão resultar num livro de literatura, mas esse não é o objetivo principal do projeto, a proposta principal é desenvolver laços entre as crianças e a leitura, visando trazer a elas o conhecimento de ouvir, ler, contar historias, criar personagens, escrever textos e corrigi-los.

O curso contará com o total de 25 horas de aulas, e ao final será realizado um sarau, onde cada aluno poderá apresentará um texto a sua escolha.

 

Na opinião da pedagoga Nayara Santos, a leitura infantil reflete muito na sua futura carreira. ” A literatura infantil é um caminho que leva a criança a desenvolver a imaginação, emoções e sentimentos. Por isso, é muito importante as crianças começarem a ouvir historias desde cedo, e ter contato com os livros de forma que eles desenvolvam por si só o habito e interesse por ler.”

 

 

Para os jovens leitores e escritores, a oportunidade vai além do conhecimento de gêneros textuais, é uma oportunidade que trará bons fluidos para o futuro desta criança.

Para a estudante Alexia Feitora de 10 anos, ler é uma tarefa muito prazerosa. Ela adora viajar pelo mundo da leitura, e diz ter sido muito incentivada pela mãe. “Minha mãe lê pra mim todas as noites, e me incentivou a sempre buscar novas leituras”.

Escute a entrevista completa com a estudante.

 

“O desenvolvimento de interesses e hábitos permanentes de leitura é um processo constante, que principia no lar, aperfeiçoa-se sistematicamente na escola e continua pela vida afora.”

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Dicas sobre como incentivar as crianças a tomar gosto pela leitura.

 

  1. Leia em Voz Alta diariamente. Do nascimento até os seis meses, ele provavelmente não vai entender nada do que você está lendo, mas não se preocupe com isso. A ideia é que ele fique familiarizado com o som de sua voz e se acostume a ver e a tocar em Livros.

 

  1. Para começar use Livros Ilustrados e sem textos ou com poucas palavras. Aponte para as cores e figuras e diga seus nomes. Livros simples podem ensinar para criança coisas que mais tarde irá ajudá-la no desenvolvimento da leitura.

 

  1. Conte Histórias. Encoraje sua criança a fazer perguntas e a falar sobre a história que acabou de ouvir. Pergunte-lhe se pode adivinhar o que vai acontecer em seguida com os personagens ou situações da trama, conforme for contando a história. Aponte para as coisas no livro que ela seja capaz associar com o seu dia a dia. “Veja este desenho do avião. Você lembra do avião que vimos outro dia?”

 

  1. Procure por Programas de Leitura. Se você não for um bom leitor, programas voluntários ou governamentais, na sua comunidade ou cidade, voltados para o desenvolvimento da leitura, lhe darão a oportunidade de melhorar sua própria compreensão dos textos ou então de ler para seu filho.

 

  1. Compre um Dicionário Infantil. Procure por um que tenha figuras ao lado das palavras. Então comece a desenvolver o hábito de, brincando com a criança, provocá-la dizendo frases tais como: “Vamos descobrir o que isto significa?”.

 

  1. Faça com que Materiais de Escrever, tais como, lápis, giz de cera, lápis coloridos, canetas, etc, estejam sempre disponíveis e a vista de todos.
  2. Procure assistir programas Educativos na TV e Vídeo. Programas infantis onde a criança possa se divertir, aprender o alfabeto e os sons de cada letra.

 

  1. Visite com frequência uma Biblioteca. Comece fazendo visitas semanais à biblioteca ou livraria quando seu filho for ainda muito pequeno. Se possível cuide para que ele tenha seu próprio cartão de acesso e empréstimo de livros.

 

  1. Leia você mesmo. O que você faz serve de exemplo para o seu filho.

 

 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: