Skip to content

O passado no presente, a cultura Retrô

Mesmo com todos os benefícios que a vida nos tempos atuais pode oferecer, muitos ainda dão preferencia a viver com as coisas mais antigas. Esse modo de vida ligado às coisas do passado é chamado de Retrô. Seja nos artigos de moda, em itens do cotidiano, coleções ou até mesmo em determinado habito, o termo é muitas vezes usado num sentido positivo tanto que nutrir um amor aos objetos do passado é chamado retrófilo.

DSC_0153Foi com esse espirito retrófilia que os integrantes do clube do Automóvel antigo de Juiz de Fora (CAAJF) se reunirão nesse ultimo final de semana,  dias 3 e 4 de agosto, a muitos Antigomobilistas de todo o Brasil para participarem do 19º Encontro do Automóvel Antigo. No evento, mais de 120 veículos antigos, de todos os modelos e marcas, ficaram expostos, demonstrando todo o charme dos “vovôs” do automobilismo encantando a todos os visitantes. (Veja a galeria de imagens do evento aqui)

retr3

Weider Santos, integrante do CAAJF é antigomobilista há mais de 30 anos e é dono de mais de 10 carros antigos. “Comecei a comprar carros com o meu primeiro salario e depois não parei mais” comenta Weider. E essa paixão por carros antigos é tanta que sua família. Seu filho Weider Jr, por exemplo, além de herdar a paixão do pai por carros, é colecionador de muitos outros objetos antigos. “Eu tenho essa influência desde berço. A busca pelo conhecimento sobre o material antigo se tornou viciante.” Afirma Weider Jr. (Veja, abaixo, também, o depoimento da Esposa de Weider, Eliane, sobre a paixão do marido.)

Além de servir de peças de colecionador, o estilo retrô também pode ser usado como decoração. A empresaria Marilia Pucetti inspirada com o estilo retrô montou sua lanchonete com temática nos anos 50 e 60. “A lanchonete se estendeu nessas duas décadas porque são as décedas onde você encontra as melhores músicas e os melhores filmes” explica Marilia. São servidos sanduiches e bebidas personalizados junto com a trilha sonora ambiente com músicas que eram sucessos da época. Também são oferecidos serviços não tão retros como internet sem fio, como afirma Marilia, “a ideia do retro é fazer vc se sentir nos anos 50, mas sem perder as comodidades que nós temos hoje em dia”.

Apesar de parecer coisa de velho, essa tendencia retrô está mais presente no nosso cotidiano do que as pessoas podem imaginar. A consultora de moda Ana Paula Dessupoio explica que esse estilo ou comportamento é muito comum na sociedade, “Retrô é uma moda recriada, não é idêntica a sua época original. Por isso muitos coisas que as pessoas utilizamhoje, mesmo que elas não saibam, são adaptadas de outras coisas do passado”.

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: