Skip to content

Projeto de Lei obriga casas noturnas a adotar sistema pré-pago

             Publicada por Daniela Ananias, 9/04

                Já está na fila para ser votado na Assembleia de Minas Gerais o Projeto de Lei 4226, do deputado Fred Costa. A ideia do texto é regulamentar o pré-pagamento das contas nas casas de show e boates de todo o estado. O sistema deverá funcionar da seguinte forma: ao entrar no estabelecimento o cliente poderá inserir créditos em um cartão para serem descontados de acordo com o consumo do usuário. O projeto ainda prevê que esse saldo tenha validade por até seis meses.

              O Principal objetivo da proposta é evitar que os clientes sejam obrigados a enfrentar filas na hora de sair das casas. A preocupação com a saída imediata do ambiente é por conta da eficiência na evacuação em caso de acidentes. ”A atenção que está sendo dada a esses quesitos se deve as consequências do acidente ocorrido em Santa Maria, na boate Kiss. Segundo os especialistas e as próprias vítimas, grande parte da confusão se deu por conta do impedimento da saída para quem não havia pagado a comanda.”, comenta a gerente comercial de uma boate de Juiz de Fora, Priscila Maia.

1800431_517629425012627_187694097_n

A Gerente Comercial, Priscila Maia

                Mesmo com a incerteza da aprovação da regulamentação, algumas casas da cidade já começaram a trabalhar como sistema. ”Adotamos a mudança há algumas semanas visando proporcionar maior conforto aos frequentadores. De fato, as filas diminuem e a segurança e a satisfação dos clientes aumentam”, comemora Priscila.

             Para a estudante Lara Ribeiro, a segurança melhorou, no entanto as filas continuam na hora de entrar: “as filas não acabaram. Aliás, até aumentaram na hora da entrada. Mas, acredito que é uma questão de adaptação. O novo formato de pagamento é muito mais seguro e confiável, sabemos exatamente o quanto estamos gastando”, comenta a estudante.

                Casa tem dificuldade para adotar sistema

                Em Juiz de Fora apenas uma boate já se adiantou e adotou o modelo de pré-pagamento. Segundo a promoter de uma das casas que não implantaram o sistema, existem muitas dificuldades. “Nós não somos a favor da mudança. Será um problema muito grande para nós pois o cliente fica inibido a consumir por não entender o funcionamento ou por ter que recarregar várias vezes o cartão. Também tem a questão administrativa, como os créditos teriam validade de seis meses, poderíamos ter um pico de consumo em alguma data mas sem o recebimento do valor referente a essas vendas. Isso impactaria diretamente nos nossos preços, já que teríamos que subsidiar esses possíveis prejuízos sazonais”,  destaca a promoter, Franciane Andrade.

               

                Jovem de Santa Maria lembra que legislação não resolve 

A estudante Natalie Martino (arquivo pessoal)

A estudante Natalie Martino (arquivo pessoal)

               A estudante de Marketing, Natalie Martino,  mora na cidade de Santaz Maria onde ocorreu o acidente na boate Kiss no início do ano passado.  “Eu tive alguns amigos feridos no acidente e senti a comoção de toda a cidade. Depois da tragédia o que pode ser feito é fiscalizar e criar medidas eficientes para proteger quem frequenta esses locais”. Natalie lembra que é necessário muito mais do que a proposta da legislação: “essa lei já esta em vigor em vários locais do país, mas é preciso mais do que isso. O mais importante é a fiscalização, sem acompanhar periodicamente o cumprimento das medidas de segurança nada será resolvido”, completa.

Opinião dos juizforanos

Ouça aqui a opinião de alguns frequentadores das casas em Juiz de Fora

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: