Skip to content

Ruas e espaços particulares começam a ser enfeitados para a Copa do Mundo em Juiz de Fora

Com o período da Copa do Mundo se aproximando, a cidade também reflete o evento, e um dos mais visíveis reflexos é o dos enfeites de rua: bandeirinhas, pinturas, cartazes e desenhos. Tradição em diversas cidades brasileiras, esse costume  é importante para muitas pessoas.

Um desses exemplos é o comerciante Jurandi José Ferreira Mota, que há 32 anos, desde que trabalha em sua loja de ferramentas, a enfeita para todas as Copas do Mundo. Como o estabelecimento fica em uma praça, ele também coloca bandeirinhas no local, “mesmo sem a ajuda dos outros comerciantes”, ele conta.

Praça Alfredo Lage, no bairro Manoel Honório, enfeitada para a Copa do Mundo.

Praça Alfredo Lage, no bairro Manoel Honório, enfeitada para a Copa do Mundo. Foto: Jéssica Ribeiro

Para ele, o que importa é a diversão e a união que esse momento traz. De acordo com Jurandi, se ele pudesse, até uma TV na praça ele colocaria, “assim isso aqui ia ficar mais movimentado, os estabelecimentos poderiam lucrar, e a gente ia assistir os jogos juntos, enquanto estaríamos trabalhando também”, conta.

Loja do Jurandi Mota enfeitada para a Copa do Mundo. Foto: Jéssica Ribeiro

Loja do Jurandi Mota preparada para a Copa. Foto: Jéssica Ribeiro

Confira a entrevista com o vendedor Jurandi Mota:

Outras pessoas que estão aproveitando o momento para a espera da Copa do Mundo são aquelas que terão que trabalhar no horário dos jogos. Esse é o caso da Camila Saenz, que é jornalista. Ela conta que é a primeira vez que enfeita realmente e prepara um espaço para assistir à Copa do Mundo, principalmente porque essa é no Brasil:

Embora exista toda essa tradição em enfeitar as ruas, há uma regulamentação para o que pode ser feito ou não. A lei municipal 9.379 de novembro de 1998, visa a proteção dos bens públicos contra a ação dos cartazeiros e pichadores, e o artigo 7º do Código de Posturas, instituído pela lei 11.197, de agosto de 2006, proíbem a instalação de enfeites e as pinturas, por conta de risco dos envolvidos serem multados e processados por pichação.

Apesar disso, durante o período de Copa do Mundo e das Olimpíadas, em 2016, essas leis serão abrandadas. Ouça a entrevista com o assessor de imprensa da Secretaria de Atividades Urbanas de Juiz de Fora, Paulo César Mariano, que explica melhor como isso vai funcionar na cidade:

Confira aqui o Decreto 11.975, que regulamenta sobre como as ruas e áreas públicas poderão ser enfeitadas para a Copa do Mundo.

E para saber mais sobre os preparativos da Copa do Mundo, leia aqui como está a expectativa nos bares de Juiz de Fora.

Jéssica Ribeiro.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: